Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Política. A primavera já chegou!


Estamos à véspera do início da campanha eleitoral em nível estadual e federal. Em tese, as convenções de partidos deverão escolher os seus candidatos à presidência, aos governadores, aos senadores, aos deputados federais e estaduais até o dia 30 de junho próximo.  No entanto, a briga de foice mesmo começa após a realização do final da Copa 2014.

Importantes movimentos vem ocorrendo nas convenções partidárias regionais.  Com a popularidade da Dilma Rousseff, PT/RS, em queda, os partidos de base do governo vem de certa forma pulando fora do apoio ao PT.  O movimento começou com o Sérgio Cabral, PMDB/RJ, definindo o seu apoio ao candidato da oposição Aécio Neves, PSDB/MG.

Importante reduto eleitoral da Dilma e eventualmente do Lula, o nordeste, vem-se rebelando à situação de desconforto de permanecer apoiando o governo Dilma.  O governador do Piauí Zé Filho, PMDB/PI, rompeu com o governo Dilma, declarando apoio aos candidatos da oposição Aécio Neves, PSDB/MG e Eduardo Campos, PSB/PE.  Apesar de estado de pequeno contingente eleitoral, Piauí é um dos estados mais pobres da região.  O apoio do governador do estado, conta muito ponto.

As últimas notícias dão conta do apoio do candidato ao governo do Ceará, o senador Eunício de Oliveira, PMDB/CE, ao candidato da oposição Aécio Neves, PSDB/MG.  A aliança parece contar com o lançamento na mesma chapa do ex-senador Tasso Jereissati, PSDB/CE, para o mesmo cargo que ocupou.  A dissidência do senador Eunício de Oliveira, PMDB/CE, é um golpe para a candidatura Dilma, pois ele foi figura importante no seu governo.

No extremo sul, a senadora Ana Amélia Lemos, PR/RS, vai sair candidato ao governo de Rio Grande do Sul, em confronto com o governador Tasso Genro, PT/RS, apoiando o Aécio Neves, PSDB/MG, para a presidência da República. No Paraná, o governador Beto Richa, PSDB/PR, é candidato à reeleição, em apoio aos opositores da Dilma Rousseff, PT/RS, Aécio Neves, PSDB/MG e Eduardo Campos, PSB/PE.  

O Estado de São Paulo deve contribuir com a indicação do vice-presidente para o Aécio Neves, PSDB/MG.  O nome indicado parece recair no nome do senador Aloysio Nunes, PSDB/SP, conforme matéria postado por mim, há cerca de 1 ano. O estado de São Paulo, sozinho, representa quase 23% do contingente eleitoral do País, por isso a importância da indicação do vice. Por outro lado, Eduardo Campos, PSB/PE, fez aliança com Geraldo Alkimin, PSDB/SP, para o governo do estado de São Paulo, indicando o nome do vice-governador na sua chapa.  Sobrou pouco espaço para Dilma Rousseff, PT/RS, nos palanques do maior colégio eleitoral do País.

Com a deterioração da economia amplamente demonstrado pelos índices de maio, os piores dos últimos 20 anos. E sentido pela população, sobretudo, nos próprios bolsos, a tendência de queda da popularidade da Dilma ou Lula vai despencando aos olhos vistos.  Diante do quadro, a debandada dos atuais aliados para o lado dos candidatos da oposição Aécio Neves, PSDB/MG e Eduardo Campos, PSB/PE, vai aumento  a cada dia.  Isto, vai resultar no fracasso eleitoral do PT em nível nacional e estadual.

Eu tenho janela como eleitor há mais de 50 anos.  Já vi muitas eleições onde a hegemonia da situação fora derrotada com vitórias acachapantes das oposições. Costumo dizer que eleições é como brisa, muda de direção conforme estação do ano.  O Brasil está a sentir, a mudança para a brisa suave e refrescante da primavera substituindo o vento frio e gélido do inverno.  Assim, quer a população. E assim, será!

É preciso que o povo acredite na mudança.  Faz parte da nossa obrigação levar ao povo a esperança de novos tempos, a esperança de mudanças de rumo do País. Deixemos de lado o pessimismo de augurar a perpetuação dos bandidos, canalhas e ladrões, ocupando o Palácio do Planalto. Não, não vão se perpetuar no poder estes bandidos!  As novas brisas soprarão no planalto do Dom Bosco, com certeza!  O povo não é burro! Chega de sermos otários dos arrogantes Lula e Dilma! Chega!

Crédito da foto: Tribuna Hoje

Enfim, a primaverá já chegou!

Ossami Sakamori



6 comentários:

  1. Segundo o comentário do sr. Sakamori o Aécio Neves teria escolhido como seu vice o deputado Aloisio Nunes Ferreira do PSDB/SP. embora seja um nome de peso em são Paulo, duvido que seja conhecido no país inteiro. No face book apareceu uma foto do Aécio com o ministro JB insinuando que este seria vice do Aécio, por ser um nome não só conhecido no Brasil, mas de alcance internacional, pelo seu comportamento irrepreensível no STF que poderia arrebanhar milhares de votos, decidindo até a eleição no primeiro turno. Mas como o bom senso raramente prevalece na politica e os conchavos sempre estão acima dos interesses da nação, acho que o Aécio perdeu uma grande oportunidade de ter um vice de peso, salvo o ministro tenha recusado o convite.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o artigo. Também acredito no Aloísio Nunes como vice do Aécio, pois ele precisa muito do apoio de São Paulo. O Joaquim Barbosa poderá ser eventualmente o Ministro da Justiça. Abs.
    Zé Tucano

    ResponderExcluir
  3. Amigo Sakamori, temos que ter prudência para as próximas eleições para não repetir erros. Nada contra a pessoa do Aécio, sou mineira, mas, ele é viciado em cocaína desde adolescente. Temerário colocar uma pessoa doente no PODER. Resta-nos Eduardo Campos, pelo menos até agora não soube de nada negativo em relação à pessoa. Estou pesquisando. Precisamos todos pesquisar muito seriamente, pois, é um momento decisivo na história política brasileira. PARABÉNS PELO BLOG! Abraço Amigo! Nágea Luiza Batista - nalub

    ResponderExcluir
  4. Muito bom Sakamori!!!!!! Espero que o povo nas urnas mude o rumo tenebroso que caminha o nosso país.

    ResponderExcluir
  5. Sakamori,

    Com certeza seus argumentos estão corretos. O Brasil se cansou desta corja de larápios comandados por um falso trabalhador ladrãozão, fazedor de eleitores às custas do dinheiro da nação.

    Um líder de partido que só sabe encher a pança de pingão e chafurdar na lama da corrupção.

    Depois vem essa gerentona, que só aprendeu a enriquecer rápido de tanto andar com o corrupto chefe, e que de gerentona nada tem.

    Já vão tarde, e, quem sabe se consiga fazer chegar ao chefão do mensalão e de outros desvios a justiça e consequentemente a Papuda.

    Vamos torcer por isso...

    Eli dos Reis

    ResponderExcluir
  6. Está tudo muito certo no que escreveu, mas quando escreve "Chega de sermos otários dos arrogantes Lula e Dilma! Chega!", não está certo por que somos escravos deles quer queiramos quer não e jamais as urnas eletrônicas darão vitória à oposição! È assim que vejo o nosso panorama político/social e não sou nenhum"Velho do Restelo"!

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.