Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Pastor Everaldo presidente/ 2014?


Ninguém se assuste se o Pastor Everaldo, PSC/SP, candidato à presidência da República fazer pontuação em dois dígitos, no primeiro turno das eleições de 5 de outubro. As pesquisas apontam que ele será, sem dúvida, o candidato mais votado entre os "nanicos".  

Já vou dizendo de antemão de que não sou evangélico e nem faço parte do partido pelo qual ele se apresenta como candidato à presidência.  No entanto, vivenciei nestes 50 anos de janela e alguns anos como militante nas fileiras do Partido Liberal, situações semelhantes ao atual.  Hoje sou filiado ao PDT/PR, mas não militante.  Portanto, de princípio, estou isento para apresentar o meu ponto de vista.

O Pastor Everaldo vem conquistando pontuação a favor da sua candidatura pela beiradinha.  Justifica-se.  Ele não exerceu cargo político, quer seja como parlamentar ou como executivo nas esferas dos governos.  Portanto, em jargão político ele é "novo".  Não tendo passado político, o índice de rejeição ao nome dele é baixo.  Isto conta muito nas eleições.  

O Pastor Everaldo, PSC/SP, vai atrás dos votos declarados, hoje, como indecisos e nulos.  Este contingente de eleitores é muito grande sobretudo pela rejeição aos nomes que os principais partidos apresentam.  O contingente de indecisos e nulos somam, hoje, cerca de 30% do eleitorado.  Deste contingente de eleitores, poucos vão se definir aos nomes já indicados pelas convenções respectivas, ou seja Dilma Rousseff pelo PT, Aécio Neves pelo PSDB e Eduardo Campos pelo PSB.  É neste vácuo que o Pastor Everaldo poderá conquistar votos.  

Não duvide que o Pastor Everaldo, PSC/SP, venha ocupar a terceira colocação, no lugar do Eduardo Campos, PSB/PE. Poderá repetir, novamente, o efeito "Marina" das eleições de 2010.  O Pastor Everaldo poderá ser o "fiel da balança" para o segundo turno da eleição presidencial que ocorrerá no dia 26 de outubro de 2014.  E, afirmo isto com muita tranquilidade, porque não sou evangélico e não conheço ninguém que participe do PSC.  

Segundo a imprensa, a principal bandeira do Pastor é em "defesa da família".  Ele é esperto, já disse que ele é candidato de todos brasileiros, independente de crenças.  Ele tem pensamento definido sobre a economia, defende o "Estado mínimo", ao contrário da presidente Dilma que defendo o "Estado máximo".  Ele já disse claramente que não vai transformar o País em Cuba ou Venezuela.  Em tese, o Pastor Everaldo, tem ideário político econômico bem definido.  Por enquanto, como professor, estou dando nota 10 para os quesitos que ele já expôs.  Vamos ver se ele passa na prova final nos demais quesitos. 

Pastor Everaldo poderá ser a opção de mudança que este País está a necessitar.  Por enquanto, não tem meu voto. Apenas, na condição de blogueiro, trouxe o assunto para discussão.  Poderá ser ele o nome para substituir os nomes da quadrilha?  Poderá, por que não? Quem faz, opção do seu voto, é você mesmo! Substituir os quadrilheiros abaixo, é tarefa relativamente fácil. 


Pastor Everaldo para presidência de República?

Ossami Sakamori



6 comentários:

  1. Sou contra religiosos na política, nos países onde eles detêm o poder são muitos problemas, eles pregam o q está na Bíblia, muitos não levam a vida da mesma forma q pregam, meu receio é q a falta de liberdade seja só mais forte q atualmente!

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente todos governantes elegíveis, como prefeito governador e presidente, para atingir a governabilidade, necessitam de acordos com outros partidos entregando cargos de alta responsabilidade, para pessoas incompetentes e até corruptas. Assim eles tem que engolir cobras e lagartos, para poder aprovar projetos de interesse do governo. Esse circulo vicioso continuará enquanto existir essa pluralidade de partidos de aluguel, criados com a finalidade de obterem cargos para se locupletarem. Embora essa prática também exista nos países desenvolvidos, sua intensidade é bem menor, porque a população esclarecida, acompanha o
    desempenho desse cargos nomeados pelos executivos. Quanto ao currículo do candidato a pres. da republica, não importa sua convicção religiosa, desde que essa pessoa tenha outros atributos, necessários a esse cargo, principalmente postura, dignidade, nível intelectual e acima de tudo caráter integro e pulso firme, quando necessário.

    ResponderExcluir
  3. No segundo turno, vão cooPTá-lo.

    ResponderExcluir
  4. Vc disse tudo , Níveo! O fiel da balança é a POPULAÇÃO ESCLARECIDA, que em países desenvolvidos FISCALIZAM essa questão. Mas, aqui no Brasil isso está longe de acontecer. Estamos sem lideranças e órfãos politicamente. É justamente o que a escritora Adélia Prado fala nesse vídeo de 5 minutos (Programa Roda Viva) - https://www.youtube.com/watch?v=Pz1HxnHJPFQ#t=71 -

    Cleber de Oliveira Máximo, Belo Horizonte/MG - @clebermaximo -

    ResponderExcluir
  5. Votem em qualquer um dos nanicos! Pastor tal, eymael, luciana genro, qualquer um, para provocar o SEGUNDO TURNO !

    ali a coisa vai se resolver !
    PTNunca+

    ResponderExcluir
  6. Olá.

    O presidente que o Brasil precisa chama-se JAIR BOLSONARO.

    É o cara certo, honesto, corajoso e íntegro, que realmente denuncia e se opõe a tudo que não presta e que vem sendo imposto a nós na marra.

    Ao contrário dos muitos farsantes e/ou inúteis do PSDB (e seus parceiros menores, como o PPS do Roberto Freire [oriundo do velho PCB]) que só servem para fazer o jogo comunista do PT, nesse forçado "bipartidarismo" esquerdista, onde dois blocos socialistas fazem "oposição" um ao outro, se revezando - e se auxiliando mutuamente - para avançar o processo socializante de destruição do Brasil.

    BOLSONARO PRESIDENTE!

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.