Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Funaro prepara uma "bomba" para Temer.

Crédito da imagem: Veja

A grande imprensa dá como certa a delação premiada do doleiro Lúcio Funaro, operador do esquema de propina do PMDB.  Onde aparece beneficiário de propina, qualquer que seja a fonte. é ele que aparece como operador de lavagem de dinheiro proveniente das propinas do PMDB. A grande imprensa dá destaque ao nome do Lúcio Funaro como "agenciador" de esquema de ladroagem dos cofres da Caixa Econômica Federal.  Em sendo operador do PMDB, Lúcio Funaro tem nas "mãos" os nomes importantes do Partido do presidente Temer. Funaro é uma verdadeira "bomba" para o Palácio do Planalto. 

No meu ver, Lúcio Funaro vai ter o mesmo destaque quanto foi o Alberto Yousseff na fase inicial da Operação Lava Jato. Lúcio Funaro, segundo a grande imprensa, está intimamente ligado aos nomes que estão no entorno do presidente Michel Temer, a começar pelo Antonio Mariz, amigo e advogado do presidente Temer.  Lúcio Funaro é como homem "bomba" para o Palácio do Planalto. Em querendo, através de revelações ainda não conhecidas, forçar o Michel Temer à renúncia ao cargo de presidente da República.

Lúcio Funaro, segundo a grande imprensa, está negociando com a Procuradoria Geral da República, o dinheiro é que deve ficar com ele, pós delação premiada. A própria imprensa já cita a cifra de R$ 50 milhões, o dinheiro que ele quer como "sobra" do seu patrimônio conquistado com atividade de lavagem de dinheiro para os mais "chegados" ao presidente Temer e ao ex-deputado Eduardo Cunha. A demora na negociação da delação premiada parece ser apenas o "quantum" que ele quer "separar" para viver o resto da vida com relativa tranquilidade financeira. 

Lúcio Funaro, o doleiro e operador do PMDB, quer premiar o Ministério Público Federal com a "indicação" de contas no exterior do Michel Temer, presidente da República em troca da tranquilidade financeira. De bobo ele não tem nada!  A "bomba" do Funaro deve explodir no colo do presidente Temer, muito em breve.  

Ossami Sakamori


3 comentários:

  1. Vamos aguardar, que tudo venha à tona, que não fique nada sbmerso!Bom dia!

    ResponderExcluir
  2. Só acreditarei em justiça no dia que ver o Renanzinho Cabeleira preso. Quem tinha vários aparelhos de grampo telefônico no seu bunker em pleno senado fedemal ou na câmara daputada, para saber os podres dos outros, na minha percepção é o cara mais perigoso. Detalhe tinha 7 aparelhos caríssimos de grampo, enquanto a PF só tem 3

    ResponderExcluir
  3. Tudo aqui acaba em pizza.
    Ninguém fez nada. Ninguém sabia de nada. Ninguém conhecia ninguém.
    Ninguém tem culpa de nada e por aí vai o país indo rumo à Venezuela (já não estamos vivendo nela?).

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.