Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

domingo, 12 de março de 2017

Temer não gosta do cheiro do povo!


Presidente Michel Temer, esteve no Nordeste para inauguração do primeiro trecho da Transposição do Rio São Francisco. A obra teria custado até o momento cerca de R$ 5 bilhões. A Transposição foi iniciado no governo Lula da Silva, em meio a polêmica sobre a validade da obra. 


Fora a citação da "paternidade" da obra, que presidente Temer avocou para si, a inauguração ocorreu tudo como dantes. Como nos tempos dos últimos meses do governo Dilma, a solenidade ocorreu num palanque montado protegido com os já famosos "cercadinhos". Até nisso, o Temer se assemelha à presidente Dilma, tal é a afinidade com a antecessora.

O presidente Temer, assim como Dilma, não se mistura na multidão. O presidente Temer é igual a ex-presidente Dilma, não gosta do cheiro do povo. O termo "cheiro do povo" foi citado pelo ex-presidente Figueiredo ao justificar a não familiaridade em misturar-se na multidão disse que preferia o cheiro de cavalo ao cheiro do povo.  Claro, Michel Temer deve preferir o perfume da primeira dama ao cheiro do povo.

Temer não gosta do cheiro do povo!

Ossami Sakamori


3 comentários:

  1. Mas o Lula gosta Sr. Sakamori, e vai lá no meio do povão. Essa é a diferença entre um "coxinha" e um "mortaleda". Populista? Vai saber? Só sei que consegue arregimentar multidões.

    ResponderExcluir
  2. Eita Seu Saka!!! Parece que descobriram que a verdadeira descendência do Molusco não é Silva. Ele é proveniente da família Bourbon Orléans e Bragança. Não poderá frisar tanto Lula da Silva...

    ResponderExcluir
  3. O povo brasileiro é manada sem cérebro, direcionada ao ma
    tadouro. Chega o carnaval, milhões de idiotas vão às ruas para confirmar a idéia de que tudo está bem e os corvos de plantão fazem disso um prato feito. Cambuta de filhos da pada.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.