Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

domingo, 5 de março de 2017

Por que não o "Fora Temer"

Crédito da imagem: Veja

Segundo a revista Veja, a defesa do presidente Temer estuda a possibilidade de pedir a impugnação todos os depoimentos de delatores da empreiteira Odebrecht ao TSE, ocorridos na semana que passou. Os argumentos são de que os depoimentos baseou-se em ato ilegal, ainda segundo a revista.

O pedido dos advogados, claramente, tem o objetivo de "procrastinar" o andamento do processo de cassação da chapa Dilma/ Temer, que move o PSDB, no TSE. Para isto, tem justificativa. Até o mês de maio ocorre a troca de dois membros do TSE, que seus substitutos serão indicados pelo presidente Temer. Além do mais, o ministro relator do processo Herman Benjamin deixará o posto no TSE, no mês de outubro próximo.

No mérito, a cassação da chapa Dilma/ Temer é considerado como certa. Presidente Temer quer "procrastinar" o processo para o próximo ano. O próximo ano, já é o ano de eleições para renovação do mandato dele e dos membros do Congresso Nacional. Levando o julgamento para o próximo ano, acredita o Michel Temer de que não haverá mais clima para cassação de mandato às vésperas de encerrar o mandato, em 31 de dezembro. 

Pelo visto, o País continuará a viver gestão Michel Temer, no meio de lamaçal de denúncias de recebimento de "propinas" e recebimento de dinheiro sujo, "caixa 2", para campanhas eleitorais de 2014, da sua própria e dos aliados políticos. Como disse o novo líder no Senado Federal: Suruba por suruba, suruba geral ! Este é o clima que retrata a política brasileira, no momento. 

Enquanto isto e sobretudo por isso, o Brasil continua a viver a pior crise econômica dos últimos 100 anos. Contrariando as notícias da recuperação da economia pela grande imprensa, o IBGE divulgou o número de "novos desempregados", com carteira assinada, referente ao mês de janeiro. Terminou em 40 mil. O quadro social continua deteriorando a cada dia no rastro de um contingente de quase 25 milhões de desempregados e desalentados. 

O País se submete à vontade do Michel Temer, um homem cheio de "vaidades pessoais" que quer "sobrepor" seus interesses pessoais sobre os interesses da maioria da população. O vice-presidente que ascendeu ao cargo máximo pela cassação do titular, está cercado de mesmos "corruptos" que cercavam a antecessora Dilma Rousseff, titular da chapa que o elegeu em 2014. 

À essa altura, só tenho de invejar o povo sul-coreano, que colocou mais de "2 milhões nas ruas da capital" daquele país, pedindo o afastamento "imediato" da sua presidente da República, igualmente envoltos em "corrupção". 

Porque não o Fora Temer? 

Ossami Sakamori



13 comentários:

  1. Bom dia caro sakamori.
    No ultimo parágrafo que pude observar como uma observação dos 2 milhões de coreanos pedindo afastamento do seu governo.
    Podemos observar a diferença entre brasil e coreia la eles tomaram tamanha atitude surpreende quanto a aqui o vemos são multidões de centenas e milhares pulando comemorando uma festa que avalio sem fundamento. Agora porque não se somar quase esses 5 milhões de brasileiros residentes e irmos as ruas e pedir fora temer! Excelente domingo.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Governo Temer virou governo-deboche!

    ResponderExcluir
  4. Porque quem está "bancando" esse "governo pirata" são os grandes empresarios que querem empurrar goela abaixo a reforma da previdência exterminado e uma reforma trabalhista escravizadora, e estes mesmos controlam Rede Globo, Bandeirantes, Folha de São Paulo, Estadão etc....

    ResponderExcluir
  5. Porque quem financiou o "golpe" e está bancando esse "governo pirata" é o mercado de capitais (lucro, lucro, lucro e cada vez mais lucro), que querem empurrar goela abaixo da população pagadora de impostos essa reforma da previdência exterminadora de aposentadorias e também essa reforma trabalhista escravizadora (extingue inclusive a Lei Áurea). E estes são os que controlam a mídia "formadora de opinião": Rede Globo, Rede Bandeirantes, Rede Record, O Estadão, Folha de São Paulo, Grupo Abril, etc....
    Simples assim Senhor Sakamori!
    Escreva sobre isso Senhor Sakamori.

    ResponderExcluir
  6. Tese real muito bem explicada. Obrigado Professor. Eu não esperava ver algo diferente, tudo passa por 2018 e os chiefs da operação da queda da DILMA não assumiram o topo do poder ainda. Os que aí estão a mandar achavam que abafariam as investigações da Lava-Jato bem antes de ter que pagar preço ainda mais alto. A atual exposição do PMDB na mídia passa pela sustentação/confirmação que o este PMDB tem que apoiar o candidato do PSDB, que concorrerá praticamente sem grande oposição. Não deixarão o LULA ser candidato, veremos muitas arbitrariedades ainda Desta feita talvez o PSDB só terá como oposição o Ciro Gomes e a Marina Silva, duas formiguinhas contra os gigantes selvagens, quase sempre com pele de cordeiro...

    ResponderExcluir
  7. Está tudo dominado por quem não tem compromisso com o povo.
    Não adianta espernear. Palavras não vão resolver nada.
    Para doenças crônicas, só cirurgia. Onde estão os cirurgiões?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No país do carnaval, onde o povo está feliz, como comprovou a ida em massa às ruas, não vai acontecer nada e os empoleirados sabem disso. Somos uns bananas...

      Excluir
    2. Na dança das cadeiras, só chamarem o espírito de Hugo Chávez ou Fidel Castro para assumirem essa zona verde-amarela.

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Não adianta dizer ser o 1º Presidente analfabeto e for corrupto, como o LULA; e nem ter um Presidente Doutor em Direito Constitucional, como o TEMER e usar esse estudo para proveito próprio. Tanto o doutor quanto o analfabeto estão errados. Precisamos de um Presidente da República realmente PATRIOTA; que se sacrifique e trabalhe para o bem do seu povo, cultivando as boas maneiras, os bons costumes e enaltecendo a Família que é o vínculo de uma sociedade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O povo brasileiro está à um passo do precipício, tal qual o povo da vizinha Venezuela.
      Não gostaria de ver isso acontecer mas já esta´ acontecendo.

      Excluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.