Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

segunda-feira, 27 de março de 2017

Brasil é um país altamente viável !


O País está passando por teste de resistência. No front interno, reformas estruturantes em discussão no Congresso Nacional. Ainda no front interno, o ministro da Fazenda anuncia que haverá aumento de impostos para cobrir o "rombo" do Orçamento Fiscal de 2017. O número de desempregados aproxima de 13 milhões de pessoas. O número de pessoas inadimplentes aproxima de 60 milhões de pessoas. No front externo, o problema com exportadores de carnes, um item principal da pauta de exportações. Parece que o caos se instalou no Brasil. Dá-se a impressão de que o País é inviável, mas não é! 

Analisando item por item, os problemas do País foram criados pelos governantes de antes e de agora. Não adianta dizer que os problemas foram criados unicamente pelo Partido dos Trabalhadores. Culpar o governo que antecedeu o atual não resolve os problemas do Brasil, afinal o governo atual é continuidade do governo anterior. O principal condutor da política econômica do País foi presidente do Banco Central do governo petista por 8 longos anos. Estou a falar do nosso ministro da Fazenda, o banqueiro, Henrique Meirelles.

Alega-se a credibilidade do governo para justificar a pior "depressão" do País dos últimos 100 anos. A "credibilidade" do governo mede-se pelas pessoas que estão à frente do Poder Executivo. As sucessivas atrapalhadas, mesmo 10 meses após a troca de comando, faz o mundo "estarrecido" ao ver tanta "desgovernança". Traz, também, indignação da população, dos empresários e ao simples povão. 

A equipe econômica só pensa nela própria. O Brasil que se lasque! O povo que se lasque! Dá-lhe desemprego para a população, já sofrida com minguada redistribuição de renda. Enquanto, os empresários investigados pelas operações da Polícia Federal, dão muita gargalhada. Os mesmos empresários investigados em conluio com os políticos corruptos são os maiores beneficiários do Bolsa Empresário, um verdadeiro "Robin Hood" ao inverso. Tira-se os recursos dos "reles contribuintes" para beneficiar "meia dúzia" de empresários que tem acesso ao Palácio do Planalto, neste e nos governos anteriores. 

O Brasil tem terras agriculturáveis, as maiores do planeta. São quase 300 milhões de hectares, para produzir pecuária e grãos. O País tem potencial para ser o celeiro do mundo, com potencial para produzir 1 bilhão de toneladas de grãos nas próximas décadas, praticando agricultura sustentável. O País tem jazidas minerárias, as maiores do mundo. O País poderia vender aços ao invés de minérios brutos de ferro, para dar empregos aos brasileiros. Isto, sem contar com a maior jazida de nióbio do mundo. 

Enquanto o País estiver preocupado em sustentar os "agiotas internacionais" pagando os juros reais a mais alta do mundo, o País não vai entrar "nunca" num ciclo sustentável de desenvolvimento. Não adianta a reforma da previdência e nem tão pouco a política econômica baseado no "teto dos gastos públicos", se continuar privilegiando os agiotas internacionais. 

O Brasil não precisa de "salvador da pátria" como defendem muitos nas redes sociais. O Brasil precisa de um presidente da República que deixe a "vaidade" de lado e procure atentar ao crescimento sustentável do País. Sem o que o País navegará, sempre e inevitavelmente, nos mares revoltos. O Brasil não precisa de presidente excepcional, mas apenas uma pessoa que tenha noção da "macroeconomia" e ter coragem de enfrentar os agiotas internacionais dando prioridade ao desenvolvimento sustentável do País.

Brasil é um país viável !

Ossami Sakamori



8 comentários:

  1. Bom dia, prof. Sakamori.

    Realmente o Brasil é um país viável, porém não para os brasileiros que, em sua esmagadora maioria, faz uso da herança dos colonizadores de levar vantagem em tudo (para si mesmo, nunca para outrém). Temos no sangue o vírus da corrupção. Tanto o Brasil é viável que as grandes potências estão de olho em nós. Acho até que deveriam invadir o país e tomar conta de tudo, pois não temos competência (ou vontade) de mudar, via honestidade, ordem e progresso...

    ResponderExcluir
  2. Correto, Sr Sakamori. O Brasil tem problemas com crises: estrutural; institucional; moral; financeiro e político porém, o estrutural e político são os que mais precisamos resolver pois destes dependem todos os outros. Precisamos romper com essa estrutura que vigora até hoje que é distribuir dinheiro a todos como se dinheiro fosse capim que nunca acaba. O Brasil só não faliu ainda porque é muito grande e milhões de pessoas pagam seus impostos "na marra" para sustentar essa estrutura; com exceção das grandes empresas, amigas do governo, que devem bilhões ao INSS ou a Receita Federal. O Brasil tem jeito, basta que seus habitantes sejam patriotas e reajam contudo, muitos gostam de trapacear no troco; candidatos trapaceiam em concurso; alunos colam nas provas da escola; Pastor rouba dos fiéis através do Dízimo; político rouba; empresário rouba no preço; banqueiros roubam dos clientes,.....Enfim, conta-se no dedo quem é 100% sincero e dessa forma para mudar só dando um choque de moralismo ou deixando que o povo sinta na pele o sofrimento de tal forma que se arrependa e aprenda que só sendo sincero é que podemos crescer e prosperar. Em 2018 teremos a oportunidade de mudar. Sem querer "puxar saco", nos povoados japoneses se eu deixar uma bicicleta em um lugar, depois de semanas ao retornar a bicicleta ainda estará lá ou alguém a guardará para mim.

    ResponderExcluir
  3. Pois é! Aquele oportunista eterno candidato a presidência, que disse que receberia o pessoal o Moro a bala; quando perguntado se existia uma porta de saída para o Brasil respondeu que haviam 10.
    Por isso essa eterna insistência de quererem alçar vôos mais altos. Não por nacionalismo, amor a pátria. Querem encher os bolsos essa canália

    ResponderExcluir
  4. Quando e, se algum dia, nascer patriota na essência da palavra, que tome o poder poderá haver início a um longo processo de mudança de mentalidade que, em algumas gerações, começará a mudar algo. Penso que é utopia mas, com fé e mudança de paradigma, algo poderá mudar.

    ResponderExcluir
  5. Esse processo de saneamento, principalmente no setor político, já está sendo implementado, senão vejamos as notícias de hoje:
    Gilmar Mendes age como porta-voz dos investigados - http://veja.abril.com.br/blog/dora-kramer/o-porta-voz/
    http://istoe.com.br/ccj-do-senado-comeca-a-discutir-lei-de-abuso-de-autoridade/
    http://istoe.com.br/por-foro-parlamentares-mudam-planos-para-2018/
    http://g1.globo.com/politica/noticia/lista-fechada-para-proteger-investigados-e-tiro-no-pe-dizem-especialistas.ghtml

    ResponderExcluir
  6. Jura, professor Sakamori que o senhor pensa assim tambem, com relacao ao numero de desempregados. "quase 13 mlhoes"? Esta enganado tambem como penso que todos que escrevem sobre o assunto. Como assim "13 milhoes" se so os recebedores de Bolsa-familia vai para mais de 30 milhoes. E isso Dilma e Lula tem cansado de repetir. Bom, bem sei que para maquiar as contas publicas ela contou esses recebedores de esmolas como empregados, mas eles nao sao! Afinal de contas, quem e empregado tem que receber pelo menos "UM SALARIO MINIMO", o que nao e o caso deles. O senhor fala que o ROMBO nao foi da petralhada, mas foi Lula que deu o GOLPE do pagamento da divida apenas para tirar proveito e trocou a divida do FMI que cobrava 4,5% de juros por uma divida com os bancos privados nacionais, elevando os juros, numa so canetada, para 17,5%, aumentando a divida interna para a casa dos TRILHOES favorecendo assim TODOS os bancos, internacionais e nacionais, e ele proprio com tao especial presente que lhe "encheu os bolsos e os olhos" e amarrou os banqueiros na sua trama diabolica de enriquecimento ilicito. O Brasil paga agora BILHOEs so de juros e o que deve ser feito e fazer todos os corruptos que empesteiam o governo, o ex-presidente e a infame tambem ex-presidente para que todos devolvam o que roubaram ou receberam em propinas para que assim possamos dar um alivio e nao precisarmos aumentar impostos. BOBO de quem aceitar pagar mais impostos para Henrique Meirelles. Nao temos culpa nenhuma que ele tenha sido incompetente e tenha deixado essa GANG de bandidos roubar dessa maneira o nosso pais, sem nunca ter barrado a SANHA DINHEIROFOBICA de Lula que nao deixou nenhuma empresa sem nacional sem ser roubada vergonhosamente com a conivencia e ganancia de empresarios bandidos.

    ResponderExcluir
  7. Aqui, em se plantando, tudo dá !
    Frase antológica e atual, só que ultimamente só vinga coisa ruim !

    ResponderExcluir
  8. Com essa cambada de fdp roubando 24 horas por dia e posando de "autoridades" não vai ter jeito nunca Sr. Sakamori.
    Cansei! Enchí o saco! Que se dane a palítica! Que dane a economia! Que se dane o Brasil!

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.