Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Seremos felizes em 2015 com Dilma presidente ?

Seremos tão felizes em 2015, como parecem os três?

Há clima de apreensão sobre o destino do país para o próximo ano. A presidente Dilma nomeou o novo ministro da Fazenda Joaquim Levy para tentar acalmar o mercado. Nada disso serviu para acabar com a expectativa do mercado financeiro e do povo brasileiro. No entanto, nas entrelinhas de entrevistas dadas pelo presidente do Banco Central dá para "adivinhar" o que será o Brasil no próximo ano. 

Para facilitar a compreensão dos temas, vou enumerar em tópicos principais, motivos de preocupação dos empresários e do povo brasileiro.

Dólar.  

A moeda americana deverá seguir a trajetória ascendente dos últimos dias. O dólar comercial deve ultrapassar o limite psicológico de R$ 3,00 já no início do ano, isto se não acontecer ainda neste final do ano. O dólar turismo deverá estar contado ao redor de R$ 3,20, acompanhando a cotação do dólar comercial. 

Lembrando que o valor corrigido do dólar, desde a implantação do Plano Real, corrigindo pela inflação do período e descontando a inflação americana do mesmo período, o dólar comercial deveria estar cotado a R$ 3,10. Isto é apenas referência, já que o dólar é flutuante. 

A pressão pela alta do dólar vem da recuperação da economia americana que voltou a crescer acima de 2,5% ao ano. Se consolidada esta posição de crescimento, no primeiro trimestre do ano que vem, é certo que os EUA aumentarão a remuneração dos seus títulos de curto prazo dos atuais 0,25% para algo em torno de 2,0%. Caso consolide esta situação, haverá migração de investimentos estrangeiros em títulos públicos brasileiros para os EUA, provocando a subida do dólar.

Não há sinalização de que o Banco Central continue com a intervenção no mercado de câmbio, via venda de títulos denominados "swap cambial tradicional", o dólar "fake". Atualmente, o Banco Central trabalha com o estoque de US$ 100 bilhões em títulos cuja remuneração é baseado na variação cambial. É uma sofisma para segurar o dólar, sem ter que queimar a reserva cambial brasileira, hoje em torno de US$ 375 bilhões.

Selic.

A taxa básica de juros, Selic, deverá estar acima de 12%, pelo menos no ano de 2015. Vai depender muito da revoada dos agiotas internacionais que estão posicionados em títulos públicos brasileiros. No momento, o Brasil pratica uma das maiores taxa de juros entre os 40 países com maiores economias do cenário internacional.  A conta é simples. Se o Tesouro paga 12% ao ano de juros para inflação de 6,5% ao ano, os juros reais corresponde a 5,5% ao ano. 

Há um equívoco na concepção dos formuladores da política econômica que utiliza somente a taxa de juros como instrumento de combate à inflação. Esquecem o ministro da Fazenda e presidente do Banco Central de que a inflação é causado pela expansão da base monetária. Sendo assim, o instrumento mais adequado para conter o consumo desenfreado seria o aumento do depósito compulsório dos bancos.  O fato é que o governo petista tem dado privilégio ao setor bancário, por isso, não penaliza os bancos. O setor bancário nunca ganhou tanto dinheiro nos 12 anos do governo petista.  Para o setor bancário, quanto pior crise, mais ganha dinheiro.

Confisco.

Há rumor e desconfiança do povo brasileiro de que possa haver confisco de poupança e de outras aplicações à moda "Collor". Em tese, esta medida imaginada pela população vai contra a preocupação da Dilma de recuperar a credibilidade do Brasil perante o mundo. É como cuspir para cima. O efeito deste tipo de medida é devastador. Se Dilma pretendesse uma solução heterodoxa, não teria nomeado o "tucano" Joaquim Levy para a Fazenda.  Posso afirmar, sem medo de errar que não haverá confisco de poupança ao estilo Collor. Poderá, eventualmente, mudar alguma regras para aplicação pelos bancos captadores.

Gasolina.

Apesar de preço internacional do petróleo ter caído nos últimos 12 meses em cerca de 40% e a Dilma ter aumentado o preço dos combustíveis logo após as eleições, o governo Dilma será forçado ao aumento do preço dos combustíveis em função da valorização do dólar e da ladroagem na Petrobras.

Já é consenso de que a Dilma vai editar medidas para a volta da alíquota do CIDE - Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico ao redor de 10% sobre o preço de combustíveis na refinaria. 

Somado a valorização do dólar e necessidade do governo de arrecadar mais para cumprir a meta fiscal de 2015, é certo que virá o aumento de combustíveis no primeiro semestre do ano de 2015.

A arrecadação extra, também, servirá para Petrobras cobrir os rombos decorrentes da ladroagem descoberto na Operação Lava Jato e cobrir os investimentos micos da exploração do "pré-sal".  Lembrando que neste final de ano, a Petrobras necessitou de reforço de R$ 9 bilhões para poder fechar o caixa em azul. Vem mais contas para o contribuinte pagar.

Inflação.

As últimas declarações do Alexandre Tombini, presidente do Banco Central, dá a entender que o governo trabalhará com inflação no teto da meta, com alguns deslize anunciados ultrapassando o teto de 6,5% ao ano.  Avisados já fomos!

Com o ajuste do câmbio no patamar mais elevado, com aumento de taxa de juros básicos e aumento de tarifas administradas acima da inflação, é inexorável que a inflação ultrapasse, pelo menos no primeiro semestre, rompendo o teto da meta, e perigosamente aproximando de dois dígitos.

Nem precisa de muita inteligência para saber que no primeiro semestre, a inflação chegará bem próximo de 10% ao ano. 

Consumo.

Diante do quadro mostrado, o incentivo ao consumo, como foi feito equivocadamente no primeiro mandato da Dilma, seria como tiro no pé. Todo esforço para o ajuste fiscal pretendido pelo ministro Joaquim Levy da Fazenda, Nelson Barbosa do Planejamento e Alexandre Tombini do Banco Central irá água baixo. Estimular o consumo no próximo ano é pedir para Joaquim Levy sair. 

Emprego.

A criação de novos empregos para a situação descrita acima não ocorrerá. Poderá ter algum setor que se beneficie desta nova matriz econômica, como o setor agrícola e setor de mineração, mas o restante dos setores que compõe o PIB estará em recessão ou em compasso de espera, não vislumbrando criação líquida de novos postos de trabalho. Ah! Ia me esquecendo, o setor bancário agradece o caos da economia!

Bolsa Família e Bolsa Empresário.

Apesar de ministro Joaquim Levy ter dito que deverá cortar os programas sociais, isto não acontecerá. A pressão da Dilma para manutenção do programa Bolsa Família e a manutenção do programa PSI, Bolsa Empresário, deverá ser suficientemente determinante para manutenção dos nomes da equipe econômica no poder. Viro mico, se Joaquim Levy e Nelson Barbosa cortarem os dois programas carros chefes do governo petista. 

Conclusão.

No entanto, com a presidente que só pensa na manutenção da sua popularidade, pode ser que tudo que foi dito acima, não se cumpra e o Brasil continuar a viver o "caos" da desorganização da economia, tão somente para manutenção da a "sensação do bem estar" e da "sensação do poder de compra" do povo.

Eis a situação econômica do país a deslumbrar no ano de 2015. Quanto ao ano de 2016, só Deus sabe.

Ossami Sakamori




14 comentários:

  1. Deus o ouça,no tocante à poupança,cuja minguada renda(?) tem ajudado muitos velhinhos aposentados,na composição da renda da não menos minguada aposentadoria.
    Só falta a má-dama tomar a sopa dos velhindos(eu estou entre eles).
    Se isso acontecer,nós,velhos aposentados,teremos que comer BHC e pedir morte rápida...

    ResponderExcluir
  2. Cenário horrível, desastre econômico! Vai ser um ano muito difícil também para a bolsa de valores, Petrobras então né, melhor nem falar. Deus nos ajude.

    ResponderExcluir
  3. Economia estagnada, inflação aumentando, juros subindo e investimento caindo. Vamos convir que para se chegar a isso tudo é preciso que o governo atue com incompetência metódica, convicta e com muito talento. Zé Tucano

    ResponderExcluir
  4. Vejo um cenário dificil; nesses moldes em 2015. Preocupo-me com o populismo; a base eleitoral deverá estar satisfeita para 2016. Agora o PT vai ter que mostrar que sabe governar! Pelo que tem mostrado; difícil!!

    ResponderExcluir
  5. BELÍSSIMO COMENTÁRIO PREZADO OSSAMI SAKAMORI . TU ÉS O CARA , EU NÃO TENHO A MÍNIMA DÚVIDA QUE SERIAS O CIDADÃO IDEAL PARA ACERTAR ESTA PORCARIA DE PAÍS .

    ACHO QUE TERIAS PLENAS CONDIÇÕES DE TENTAR CONSERTAR ESTA PORCARIA ( ESTOU ME REPETINDO ) DE PAÍS DESMORALIZADO .

    EU SINCERAMENTE GOSTARIA DE TER NASCIDO NUM PAÍS DECENTE .

    INFELIZMENTE FOMOS DESCOBERTOS E COLONIZADOS POR DESCENDENTES DE PORTUGUESES QUE QUANDO PUDERAM JUNTARAM TUDO O QUE TINHAM E VOLTARAM PARA PORTUGAL .!!

    NOS DIAS E TEMPOS ATUAIS SOMOS DES-GOVERNADOS POR EXPLORADORES ; BANDIDOS ;MARGINAIS .; GANANCIOSOS ; MAFIOSOS . TODO O TIPO DA PIOR ESPÉCIE DE SERES ABJETOS DO PLANETA .

    NÃO VEJO PERSPECTIVA QUE ALGUM DIA SE POSSA VIVER TRANQUILAMENTE NESTE BANANÃO DESMORALIZADO . ESTA É MINHA REAL MÁGOA .

    TE AGRADEÇO POR ESTAS TERRÍVEIS PREVISÕES E IREI COPIAR PARA QUE ALGUNS ANOS A FRENTE RELER QUE ACERTASTES NA MOSCA .!!!

    EU ACREDITO NA TUA EXPERIÊNCIA E TE ADMIRO POR TUA GRANDE SABEDORIA .!!

    TE DESEJO MUITA SAÚDE E QUE POSSAS CONTINUAR NOS ALERTANDO A RESPEITO DO FUTURO ESTE PAÍS DESMORALIZADO A QUEM APRENDI A DENOMINAR DE BANANÃO ( OU A REPÚBLICA DAS BANANAS ) .

    SAÚDE GRANDE OSSAMI SAKAMORI . ESTOU SEMPRE LIGADO EM TEUS COMENTÁRIOS E SEMPRE OS COLOCO NO FACEBOOK.

    PENA QUE O POVO IDIOTA E ARRIVISTA NÃO LÊ MUITOS DOS TEUS PRECIOSOS COMENTÁRIOS .

    TALVEZ NEM ENTENDAM OU COMPREENDAM O QUE TENS ALERTADO . DEVEM ESTAR PREOCUPADOS COM OS FOLHETINS DA REDE ESGOTO . POVINHO DE MERDA ESTE .

    ENTENDO QUE ESTE PAÍS E O LIXO QUE É : PELO POVO QUE AQUI VIVE .!!!!

    ResponderExcluir
  6. Sakamori:

    Você é extremamente claro no que analisa.
    Isso é bom.
    Seus comentários mostram que o futuro é tenebroso.
    Isso é ruim.
    Que fazer se o Povo quer que isso continue?

    ResponderExcluir
  7. A foto acima me lembra os TRÊS PATETAS;
    Mudam-se os palhaços,mas o CIRCOBRASIL não muda.
    A platéia também continua a mesma (nós).
    O Collor é um santo perto dessa quadrilha que se apossou da banânia,como diz o sr.Heleno,no seu comentário,acima.
    Ninguém faz nada.
    Vão roubar até as estrelas da bandeira...

    ResponderExcluir
  8. E põe apreensão nisso! Não só no próximo ano como também nos subsequentes(se houver).Você está certíssimo, a "anta" jamais acabará com o Bolsa Família e o Bolsa Empresário e, pobres de nós que por culpa de um povo leviano e interesseiro , continuaremos pagando um preço altíssimo e vendo que o "caos" em que se encontra o país só tende a piorar cada vez mais. Acho que Deus também já se cansou de ser brasileiro!!!

    ResponderExcluir
  9. Saka, quem vai continuar sustendo tanta roubalheira desse tenebroso e amado País, se não estamos conseguindo mais produzir ? Se não conseguimos mais funcionários para os campos,se , o Seguro Desemprego deixa todos tão a vontade que são poucos os que trabalham, se a Bolsa Família, salvo exceções, não transmite incentivo mas sim descompromisso.Se antes conseguíamos pagar 3 funcionários produtivos, respeitando valor de mercado, segurança, moradia, escola, conforto, enfim tudo que é exigido, hoje não conseguimos mais, porque além de não existir quem queira trabalhar e produzir, as taxas que se recolhe sobre aquele funcionário para o governo, são quase iguais ao salário que Ele recebe.Não existe trabalhador sem carro, o que é justo, mas precisa existir trabalhador, e esse Seguro Desemprego, é uma farra social. Do momento que está trabalhando em um lugar, já deu tempo para receber o seguro, faz-se de tudo para ser mandado embora para consegui-lo. E não adianta se recorrer a Justiça por qualquer motivo, a cegueira dela é mentirosa, Ela está sempre do lado do que considera menos afortunado e já vai falando que acha melhor fazer um acordo pq o outro certo ou errado vai ganhar mesmo, salvo raras exceções.Se O Brasil já está assim e vai ficar pior, só para sustentar as regalias de um governo bandido e ladrão, com o risco de termos nossa POUPANÇA CONFISCADA, é não ter futuro. Realmente mudam-se os palhaços mas a platéia é a mesma desse Cubrasil

    ResponderExcluir
  10. Sinceramente, não sei o que pensar em relação a tantas desgraças financeiras que assistimos. O povo trabalhador,classe média(que não acredito existir), busca através do seu trabalho, da "ralação" diária, enfrentar todos estes disparates e ainda paga as contas de tanta roubalheira, escandalosamente escancarada! Se não tomarmos atitude, todos, com exceção deste bando de malandros mal intencionados, estarão na ruína. O ano de 2015 e os posteriores, serão catastróficos! Sem salvação!

    ResponderExcluir
  11. Mas bah Tchê! Pelos comentários pessimistas até parece que o Brasil virou um bananão com saqueadores de todos os lados! Só não gostei do Lula, em quem todos confiam cegamente, ter recebido o seu apartamento triplex na praia do Guarujá-SP, com elevador privativo, construído pela OAS que está envolvida no Lava Jato, e financiado pelo Bancoop, uma cooperativa de crédito falida (tem 3.000 mutuário esperando pelo imóvel ainda na planta). Esta cooperativa era dirigida pelo secretário do PT, João Vaccari Neto (alguém conhece?). Lula recebeu o seu TRIPLEX, os demais que se explodam!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Curiosamente só custou cerca 48 mil reais! Menos que o valor de um carro popular.
      Como è bom ser DDT (dono disto tudo).

      Excluir
  12. O brasil está completamente dominado pelo PT, só um cego não consegue enxergar. A oposição é minoria no congresso nacional e no STF também. As aplicações financeiras e a poupança estão correndo seriamente o risco de serem confiscadas. Já existe um projeto chamado poupança fraterna em que parte dos salários da classe média, serão confiscados e devolvidos depois de 14 anos sem correção alguma. Basta que seja enviando ao congresso para ser aprovado pela maioria, dos políticos que se vendem a troco de banana. Esse governo ainda continuará por muitos anos no poder através de eleições fraudulentas, até que o povo brasileiro tome vergonha na cara, no dia de são nunca!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cadê o exército(com e,minúsculo,mesmo)?
      Casa de mãe Joana,país sem dono(honesto),entregue aos bandidos.
      Cadê os patriotas da banânia (ex-Brasil)?
      Têm medo de morrer lutando?
      Vão morrer,batendo palmas,covardes...

      Excluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.