Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

PT x Militares. As duas faces da mesma moeda

Reprodução da matéria postada em 16.03.2014

Felizmente, estou vivo! Estou vivo para contar parte da história do Brasil. São quase 60 anos de vida bem vivida, dos quase 70 de idade. Pois, comecei minha batalha cotidiana para sobrevivência aos 10 anos de idade, quando meu pai me pôs a morar junto a uma família amiga. Isto foi no ano de 1954, na pequena cidade de Wenceslau Braz, no estado do Paraná.



Concluí o ginásio, equivalente a 5ª a 8ª série do ensino fundamental de hoje, naquela mesma cidade, no período noturno, porque havia necessidade de trabalhar para ajudar a me manter.  A pequena cidade foi tomando uma feição de modernidade, à época chegavam os primeiros calçamento de ruas.  O povo trabalhava muito. A vida era sofrida!  Mas, o povo depositava muita esperança do País!


Fiz ensino médio, na capital do Paraná.  Foram dias difíceis, longe do convívio familiar.  Mas, avancei.  O ensino na capital era de boa qualidade. Cresci muito, com o colégio, denominação que se dava ao ensino médio, além da companhia de amigos cultos.  Não esqueço de muito o que aprendi com eles.  Os tempos eram de desenvolvimento. Era época do governo Juscelino. Parecia que o Brasil tinha acordado para a sua vocação de crescimento.


Entrei na Escola de Engenharia da UFPR, coincidentemente, no ano do golpe militar, em 1964.  Lembro-me das notícias de deslocamentos das forças do Exército.  Mas, enfim, parecia ser apenas teatro de operações. No dia 31 de março de 1964, foi dado o golpe militar no Brasil.  No dia 1º de abril de 1964, o Brasil tinha um novo presidente, o Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco.  Era presidente imposto pela ditadura militar.



A ditadura militar impôs às universidade um regime escolar, que regulamentava a repetência e frequência de aulas, pelo menos no âmbito das universidades federais.  As atividades políticas eram proibidas para estudantes.  As manifestações de natureza política eram proibidos pelos militares. Qualquer suspeita de participação política, os estudantes eram chamados no DOPS - Delegacia de Ordem Política e Social para prestar depimentos.  Éramos fichados no DOPS, sem devido processo legal.  Os tempos eram de ditadura militar.



Qualquer manifestação de natureza política, fazíamos através de boletins informativos clandestinos, impressos em "mimeógrafos" e entregues de mãos em mãos.  Era como nos comunicávamos.  Era praticamente única maneira de manifestação política.  A imprensa era censurada. Os boletins informativos oficiais eram amordaçados.  

Os que infringiam as leis, os estudantes "subversivos" eram julgados pela Justiça Militar.  Fui testemunha de um colega da faculdade, para não ser fichado como subversivo e não ir preso em quartel do Exército.  Era regime de exceção mesmo!  Não tinha conversa fiada.  Sobretudo, após a decretação do Ato Institucional número 5, o Brasil viveu, praticamente como estado de sítio.  Não havia, mais direito de cidadão garantido pela Constituição, com simples direito de reunião.

  
  
PS: Todos presidentes da República, nos 20 anos do regime militar, foram escolhidos pelo Alto Comando do Exército e escolhido em eleição indireta, como se a iniciativa fosse do Congresso Nacional.  O regime militar criou através de decreto, um partido de situação  a ARENA (hoje DEM) e outra de oposição o MDB (hoje PMDB). Os nomes indicados pelo Alto Comando do Exército era automaticamente eleito pelo Congresso Nacional.  Os deputados de posições radicais contra o regime foram cassados "ad nutum" pelo Alto Comando do Exército.  O último presidente militar, o general João Batista Figueiredo, foi até então, ministro chefe do SNI - Serviço Nacional de Informações.  Durante 20 anos, o povo não escolheu o seu presidente!  Democracia sofreu um vácuo, no regime militar

Há um crescente movimento para a volta dos militares no poder.  O quadro de insatisfação da sociedade é muito parecida ou até pior do que o de véspera de 1964, ano do golpe militar.  Os que hoje, estão no comando do País, eram os "subversivos" da época.  Há um clima de confronto de ambas forças, o que se configura no dia de hoje.

O último presidente da ditadura militar foi o presidente João Figueiredo.  O penúltimo presidente militar Ernesto Geisel, preparou a nação para a transição do regime militar para o regime civil, após 20 anos no poder.  Tancredo Neves, num acordo entre militares e civis, foi eleito indiretamente, pelo Congresso Nacional, sendo seu vice José Sarney.  Tancredo morreu antes da posse e José Sarney assumiu a presidência da República.



Caminhamos torpemente com presidente fraco politicamente, à época. O então, fraco José Sarney, hoje, bandido de marca maior. Enfim, foi feito o constituinte para elaborar a Constituição democrática.  A Nova Carta foi promulgada em 1988.  Das histórias recentes, não precisarei contar. Todos já sabem.  Sabem também, a ascensão do PT no poder.  Sabem muito bem da transformação do partido político em quadrilha de arrombadores de cofres públicos.  



Os velhos "subversivos" do regime militar, parece querer revidar, após 50 anos da tomada do poder, ao velho regime, sem mudar os objetivos. Elegeram as oposições como da direita. Os tais "subversivos" tinham interesses voltados ao socialismo da velha União Soviética, que nem existe mais no mapa geo-político do mundo.   A Rússia, hoje, sem os países anexados antes da guerra fria, pratica-se o capitalismo em mesmos níveis de outros países emergentes.



O PT, hoje, não mais pró-soviéticos, porque não existe mais a União Soviética, apoia-se na ideologia socialista dos Castros e da ideologia bolivariana do Nicolás Maduro. Seguem a ideologia ou apenas modo anti-democrático do regime cubano e do regime bolivariano.  É certo que alguns dos mais altos dirigentes do País, foram treinados em Cuba, durante o período do exílio, no regime militar.  


Os militares por outro lado, parece colocar as baionetas fora da bainha.  As manifestações de generais de ativa e da reserva, dão demonstração clara de que eles estão prontos para tomar o poder.  E a população, em sua maioria, que não viveu os tempos da ditadura militar, parecem querer apoiar o movimento, numa tentativa de tirar o poder do PT. Será um equívoco em cima do outro. Será um desastre dobrado!

Ainda bem que estou vivo, para testemunhar os idos tempos. Eu lhes devo avisar de que o regime militar é tão nocivo quanto ao regime socialista cubano ou bolivariano.  Não serve o regime que PT quer se impor ao País, mas também, não serve para o País o regime militar ou ditadura militar. Basta de confronto!  Chega de briga de tomada de poder entre duas ideologias, como se fossem facções criminosas disputando o comando. Vamos colocar no poder, pessoas com mente arejada, livre de pensamentos mancos, com ideologia do mundo contemporâneo!  Basta de baionetas! E basta também de terrorismo da facção criminosa!



Que cada poderes da República cumpra os deveres que a Carta Magna lhe confere. O Poder Executivo que administrem os recursos da União com probidade e competência! O Poder Judiciário que cumpra os preceitos legais, sem dar guarida aos interesses mesquinhos!  O Poder legislativo que elabore as leis que atendam os interesses da população, com decência!  Os militares que cumpram as tarefas de defesa nacional, à soberania e as riquezas naturais. 


O Brasil mudou.  No Brasil não cabe mais o regime socialista cubano ou bolivariano e muito menos regime militar.  Vamos ter que trilhar o caminho da democracia, mesmo que ela seja demorado para chegar à uma estabilidade plena.  Brasil não é mais País do fundo do quintal.  Voltar atrás nunca mais! Por outro lado, ser lenientes com a facção criminosa que tomou conta do poder não é do índole do povo brasileiro.

Que tire o governo PT do poder obedecendo os preceitos legais.  Há tantos, que poderão ser invocados, como o impedimento ou impeachment ou por via de eleições livres, sem vícios, previstos na Constituição.  Não somos mais republiqueta de 5ª categoria! Não vamos brincar de golpes e contra-golpes, explícitas ou camufladas.



Nada de um Poder da República se meter no assunto do outro Poder.  Que os civis tomem vergonha na cara e pensem no povo ao invés de procurar agradar o povo dos países como Cuba e Venezuela.  Que os militares que cuidem das suas funções previstas na Constituição e permanecendo nas casernas.  


Nem os civis e muito menos militares, são os donos da verdade!  Ambos servidores, civis ou militares, são pagos pelos impostos cobrados dos contribuintes.  E assim, deve obedecer aos reclamos da população. O Brasil tem potencial para ser um dos líderes mundiais em economia e em democracia.  Os EEUU, Alemanha e o  Japão são exemplos a seguir pós Segunda Guerra Mundial que terminou há 7 décadas. O Brasil não pode perder tempo. O Brasil não deve ficar patinando, perdendo tempo em disputa de poder.


Brasil só será admitido como potencia mundial, quando civis e militares se unirem para o objetivo comum do País. Nada de civis e militares ficarem se estranhando!  Que cada um dê de si, o que o País exige!  O povo não é mais otário. O povo é soberano para decidir sobre o seu destino! Democracia está a sofrer um vácuo, no regime petista


Os militares e PT são duas faces da mesma moeda!

Ossami Sakamori

@SakaSakamori





25 comentários:

  1. Sou plenamente a favor da Democracia Militar que alguns teimosamente teimam m continuar a chamar de Ditadura Militar.

    O que vivemos actualmente è uma Ditadura bolovariana onde os orgãos de informaçãosão, controlados e comprados pelo PT e PCdoB, para além de toos congressitas e senadores serem 100% corruptos.

    Basta de continuarmos de joelhos perante tanta Ditadura bolivariana/cubana. Venham os militares para fechar o Congresso e o Senado. Basta 2 deputados federais mais votados por estado e um só senador. A corrupção torna-se passaporte para a cadeia comum e inafiancável.

    Estou farto destademocracia" petista/bolivariana 100% corrupta. Falta de tudo, até mesmo para o SUS, salarios de professores, e muito mais, mas para os poíticos, centenas e milhões não faltam. Isso è vivermos com dignidade?

    Venham os militares. Chega de defenderem a soberania do Brasil junto dos traficantes de droga nas favelas. O Brasil profundo comoeça junto ás nossas fronteiras! Chegade serem guardiões de dilma, lula e de muitos mais facínoras que estão apenas interessados em saquear os cofres do Brasil.

    O Senado concedeu a titulo permanen as verbas do DRU para dilma, sem que sejam discutidas ou mesmo conhecidas, qundo na realidade ela recebe anualmente cerca de 90 a 100 milhões de reais e os gasta estranhamente como quer sem controle do TCU. Em que paraiso fiscal os guarda?

    Militares e petistas não são face da mesma moeda! Lá por haver muitos generais com 4 estrelas vermelhas do PT nos ombros, não significa que sejam todos ladrões,assassinos, corrruptos e sevandijas como são todos os do PT. Tem muitos generais que odeiam o vermelho! Não faça essa injusta comparação Sr.Ossamo Sakamori.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente com o anonimo das 12:23.
      Tem parte das FFAA que são melancias(comprados pelos bolivarianos travestidos de brasileiros,os bandidos do PT) e outra(se há) que não concorda com essa palhaçada.Só uma revolução sangrenta apoiada pelos Estados Unidos pode nos tirar desta M...
      Uma moeda não pode ter duas faces iguais.
      Ou estão nos sugerindo a nos calar e acatar tudo que é vomitado pelo Exu de 9 dedos,Dil-má e essa corja de lesa-pátria...?
      Se é tudo igual,não adianta nada este blog...

      Excluir
    2. cadê os generais que odeiam o vermelho?
      por que se escondem e nada fazem?
      está cômodo para eles?
      o Brasil vai continuar dormindo nos braços bolivarianos,para benefício de meia dúzia.
      o povo que se dane...

      Excluir
    3. Cadê os generais que odeiam o vermelho?
      Não temos! São toos colaboracionistas, carreiristas, situacionistas, enfim, uma completa cagada continental do tamanho desta Nação. Não valem nem um pum furado! São uma bosta completa. Só sabem proteger e bajular a nossa corrupta classe politica!
      Concordo com os anônimos das 14:14 e 13:26.
      Essa de Braço Forte Mão Amiga, è a maior besteira que enfim, já produziram, melancias da porra!
      Só sabem defender a nossasoberania protegendo os drogados, barões da droga e agredir civis. Ir para as fronteiras? Correr com este regime bolivarino, petista, filho da puta, isso jamais porque são seus irmãos!

      Excluir
    4. Parabens,corajoso anonimo das 16:47.
      Eu sou o anônimo das duas citações.
      Acho que somos poucos que temos coragem de falar o que pensamos.Os melancias nunca vão fazer nada nesta merda...

      Excluir
    5. Anônimo das 10:03

      Por isso jamais voltaremos a ter algum Marechal. Todos generais de 4 estrelas vermelhas do PTuntos com todos cursso e cursinhos do estado-maior e escola de guerra, valem menos que um simples soldado que se for preciso dá a vida pela Patria, uma coisa que jamais nenhum desses generais carreiristas o fará!
      Estamos por conta própria.

      Excluir
    6. Lamentavelmente essa é a triste realidade.
      Nunca dantes na história deste país (parafraseando o exu de 9 dedos) se produziu tanta lama,lesa-pátria e mentiras(e ainda há quem diga que temos saída:pura enganação,para nos doutrinar para ser bois para serem abatidos pelo grupo apadrinhado JBS_FRIBOI).Pior do que estarmos por conta própria,estamos por conta de uma corja de analfabetos que se vendem por nada e venderam uma nação que tinha tudo para ser ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA DO SUL e hoje não passa de latrina sino-russa,com lingua de guerrilheiros lesa-pátrias,que se dizem brasileiros e não têm o menor pudor ou vergonha na cara(são putos profissionais)...

      Excluir
  2. Prefiro os militares aos terroristas, assassinos e ladrões que tomaram conta do Brasil, mas ficaria mais feliz se nossa bandeira verde e amarela reinasse, onde a Ordem e o Progresso fossem alcançados. Eu jamais bem bem desceria tanto colocando Militares e Petistas num mesmo prato de balança. Nunca vi nenhum general aposentado milionário nem dono de Telefonica ou Frigorifico, Não quero ditadura, mas percebo que estou vivendo em uma e por sinal bem nojenta, onde é dominada por sanguinários, incendiários e asnos. Aprecio a Ordem, não tolero ter que sustentar governo burro e imoral e é isso o que está acontecendo, mas quem tem que resolver isso é o povo, não os Militares. A nossa luta tem que ser no Congresso e no STF.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô ¨cumpanhera¨Célia,
      Não sonhe,pois Alice no país das Maravilhas,se chama Dilma...
      O Congresso e o STF é vermelho(comprado),assim como toda brasilia(com B minúsculo,mesmo).
      Se não correr sangue,nada muda...

      Excluir
  3. NEM UM NEM OUTRO. O PODER TEM QUE SAIR DA FACÇÃO (PELOS MEIOS LEGAIS) E EM UMA ASSEMBLÉIA MILITAR SER DESTITUÍDO TODO O STF, CÂMARA E SENADO APARELHADO. QUEM ESTIVER COM A FICHA SUJA E FICAR COMPROVADO, FARÁ CRIME CONTRA A NAÇÃO E FICARIA A CARGO DO EXERCITO CUIDAR DESSES MALFEITORES. A POLICIA CIVIL, MILITAR E FEDERAL RETOMARIAM AS ATIVIDADES COM CIVIS. QUEM COMETE CRIMES CONTRA A NAÇÃO NÃO PODER SER JULGADO PELO SEU ALIADO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema é que todos os que poderiam fazer algo de bom pelo Brasil foram corrompidos,justamente para que se perpetue o atual STATUS QUO,onde as benesses são para os cúmplices e a lei é aplicada CONTRA o povo que não tem alternativa,pois os meios legais foram amordaçados e as leis são feitas somente para beneficiar os quadrilheiros que se dizem brasileiros e dão provas diárias de serem PARASITAS LESA-PÁTRIAS...

      Excluir
    2. JÁ ESTAMOS A 30 ANOS EM UMA DITADURA PARA-MILITAR!

      Excluir
    3. Pior que é isso mesmo.
      Os mecanismos de mordaça da livre-expressão estão a todo vapor.

      Excluir
  4. Prof. Sakamori, gostei muito do seu artigo.
    Equilibrado, lúcido, coerente...como todos nós temos que nos esforçarmos p/ sermos, neste período conturbado que atravessamos.
    Polarizar desequilibra, e o "caminho do meio" pode nos levar, enquanto nação, à retomada do equilíbrio em todos os setores e esferas.
    Muito grata pela leitura do texto acima, parabéns por seu discernimento, que nos contagie p/ renovar esperanças, abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nessa situação,o MINISTÉRIO DA CORRUPÇÃO adverte:SONHAR FAZ MAL À SAÚDE,PODE TORNAR-SE PESADELO...

      Excluir
  5. O povo sozinho nunca tirará o PT do poder. Pensem comigo: Se bandidos armados invadem sua casa, você liga para a polícia ou chama os vizinhos para retirar os bandidos? Lógico, chama a polícia que vem armada e é preparada e paga para isso. a polícia vai retirar os bandidos e voltam para o quartel. Então, o PT e assemelhados(quadrilha de ladrões) está bem armada e para retira-los do poder nós chamamos quem? As Forças Armadas que vem armada e é preparada para isso. Eles retiram a quadrilha, dá suporte para novas eleições com candidatos idôneos e voltam para os quartéis. É difícil imaginar isso? Se for preciso, devemos matar sim esses bandidos para o bem de nossos filhos e netos ou então fiquemos quietos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado sr.Daniel.

      Venho acompanhando suas opiniões neste blog há algum tempo.
      Suas palavras,sempre equilibradas e sensatas dizem tudo.Aqui há muito blá,blá,blá,onde todo mundo sabe tudo,mas ninguém tem coragem de dar a receita para a saída dessa caótica situação.Não há milagres.Sua última frase diz tudo:ou agimos,ao invés de ficar sonhando ou nos calemos e soframos as consequencias(exatamente o que a quadrilha vermelha quer e espera de nós).Parece que nosso sonho virou pesadelo.
      O senhor é o único que fez alusão a nossos filhos e netos.
      O que vamos deixar para êles? C I N Z A S . . .

      Excluir
    2. Sr. Daniel Camilo

      Totalmente de acordo com suas lucidas e claras palavras.

      Meus parabens.

      Excluir
  6. Ossami, gosto muito do seu blog, sua lucidez e equilíbrio nas analises que faz são extremamente ponderadas. Agora, observo um ressentimento bem acentuado quando você fala das FA. Observo que tu desconheces o papel constitucional das FA e eles não existem para ficar "dentro da caserna", militar trabalha e como qq cidadão, pode sim participar do processo politico do país. O cidadão ao se sentir em sérias dificuldades de segurança aciona o poder policial e isto é licito, a policia existe para isso. Da mesma forma, as FA existem, "último ratio regio", podemos considerar assim: "ultimo argumento do rei". Poderá sim ocorrer uma situação no país em que uma intervenção militar se faça necessária, após esgotado demais meios legais e dessa forma será licito. A carta magna prevê. Não creio q seja o momento e torço para que não cheguemos a esse ponto. Ademais, os militares estão sendo tão desprezados pelo governo e povo que talvez o dia em que a nação clamar: "E agora quem poderá nos salvar?", Talvez nesse momento não estarão tão preparados e o que poderemos ter então é uma sangrenta guerra civil sem precedentes na nossa história. Ossami respeite os homens de farda desta nação. Eles nunca a traíram, nunca a venderam. Sempre trabalharam para o bem. O lema constitucional é claro, "BRASIL, ACIMA DE TUDO." Ossami, não os associe as corjas de malfeitores que assolam essa nação. Por favor, não morra sem antes rever seus conceitos a esse respeito. Muito obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Gigante continua adormecido em berço esplêndido,como tem feito ao longo dos últimos 500 anos,onde perdemos todas as chances de ser uma nação respeitada.Pergunte a qualque pessoa que conhece países de primeiro mundo.Não passamos de colônia bolivariana,onde ditadores fazem as leis,corrompem e não respeitam as que já existem e tripudiam . O que esperar da comandante-em-chefe das FA,que tem uma ficha suja,de guerrilheira,que aprendeu bem as táticas usadas pelos comunistas,para tomar o poder e nele permanecer eternamente.Como acredito em Papai Noel e Disco Voador,vou acreditar,já no final da vida,que o Brasil existe,como nação livre e soberana (sonhar faz bem para a saúde)...

      Excluir
  7. Com todo respeito professor Sakamori.

    Com respeito ao Senhor e seus brilhantes artigos, que enriquecem meu intelecto e minha vida, dedicarei um tempo para comentar.

    Nasci em 1968.
    Criança/adolescente, morando em Goiânia-GO não vivi completamente a experiência do Regime Militar.
    E estudei muito sobre, vi muitos documentários, testemunhos de todas as perspectivas e lados.
    Adianto que nessa época minha família trabalhou, cresceu e prosperou sem nunca ter sido incomodada pelo Regime Militar.

    Entendo que não foi uma ditadura militar. Fosse ditadura, não teriam devolvido o Brasil e não tinha sobrado um comunista/subversivo para contar a história.

    Creio que muitos jovens estudantes, idiotas úteis a época, imaturos, rebeldes ingênuos, caíram no conto do comunista subversivo e pagaram por suas escolhas. Sempre há consequências para escolhas que fazemos.

    Na época houve crimes sim: Crimes de guerra, era uma guerra. Em uma guerra sempre alguma coisa sai do controle.

    Os números confirmam que muito mais crimes de guerra foram praticados de lá do que de cá. O INIMIGO era terrorista, praticava a guerra suja, covarde; matavam inocentes, e assassinavam cruelmente que tentava abandonar a causa.

    Votando ao tempo presente.
    Não há solução civil contra a Revolução Gramsciana em andamento e em avançado estágio de ocupação.

    Brasil não é uma República: os poderes não são independentes. Congresso Nacional comprado e Justiça aparelhada.

    Brasil não é uma Democracia: c/ o TSE aparelhado a resposta da Urnas não refletem a vontade dos eleitores. A Fraude eleitoral tirou o poder do voto do eleitor.

    Nos Governo Lula/Dilma foram cometidos centenas de CRIMES lesa-pátria com o beneplácito do Congresso Nacional e STF.

    A Soberania e Autodeterminação do Brasil se existe está extremamente comprometida.

    Esse nosso Congresso Nacional ilegítimo eleito com compra de votos e Fraude Nas Urnas, absolutamente não encaminhar um Impeachment contra Dilma.

    E QUEM DEFENDE O IMPEACHMENT DE DILMA, ESTÁ DEFENDENDO O SISTEMA IMPLANTADO PELA SOCIAL DEMOCRACIA MARXISTA FABIANA, ESTÁ DEFENDENDO O SISTEMA ELEITORAL FRAUDULENTO, OS GOLPES DE ESTADO, OS CRIMES DE LESA PÁTRIA, OS ESQUEMAS DE CORRUPÇÃO, AS LEIS CORRUPTAS QUE INCENTIVAM O CRIME E A IMPUNIDADE, A DISSEMINAÇÃO DAS DROGAS, A DESTRUIÇÃO DA FAMÍLIA, O SUCATEAMENTO DAS FORÇAS ARMADAS, O RACISMO, ABORTO, GAYSISMO, A DESTRUIÇÃO FAMILIAR, A PROSTITUIÇÃO, O VANDALISMO, A ANARQUIA, A PODRIDÃO E A IMUNDÍCIE DESTA ESQUERDA CORRUPTA, GOLPISTA, CANALHA, BANDIDA E CRIMINOSA.

    Então meu querido Professor Sakamori.
    Uma Intervenção Militar, se é que ainda é possível, faz-se necessário.
    E corte marcial para todos os TRAIDORES da Pátria.

    #SemprePeloBrasil
    @EdGaarcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns,senhor Ed.
      Tenho a mesma idade do Sr.Sakamori e vivi o que ele viveu,em termos políticos.O senhor,embora jovem,disse tudo.O Brasil não mais existe como nação e sim como quintal dos vermelhos.A presidente foi (e ainda é) terrorista e seus assessores todos são comunistas,disfarçados de brasileiros.Se os Estados Unidos não invadirem o Brasil(com todas as letras e forças),não sairemos desta gosma e logo os melancias vendidos nos calarão e nos caçarão.O bolivarianismo já impera aqui.Adeus,país de todos os tolos.

      Excluir
  8. Bom dia Mestre Saka.. o Regime Militar foi menos nocivo ao País que o regime do PT, este é sorrateiro como ratos que roem por baixo, quando se perceber estruturas poderosas ruíram.. Concordo plenamente que no Brasil não tem mais espaço para ditadura..O País mudou o próprio militar mudou. A "Intervenção" temporária, pode ser uma saída para desarticular o projeto que está em curso.[embora eu não acredito na possibilidade, mas, apoiaria] O que estamos vivendo hoje é uma ditadura disfarçada de democracia, o fato de ainda podermos nos manifestar e ir as ruas, não significa que podemos mudar o curso ou ainda que não seremos calados a qualquer tempo..Questionamos a veracidade das urnas, questionamo as instituições aparelhadas , questionamos o balcão de negócio..questionamos o uso da máquina pública a favor de um partido. questionamos o assalto aos cofres descaradamente, questionamos a blindagem as criminosos no poder, questionamo o jogo sujo.. questionamos a invasão cubana via mais médicos só falta mesmo nos calarem aos moldes na Venezuela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenha dúvida,senhora Marilsa.
      Já estamos sendo monitorados e,logo seremos calados e caçados como ocorre na Venezuela.Estão dando corda para isso.Esqueceu que a Presidente e seus asseclas foram terroristas?Tem que ter ditadura,sim(mas,duvido que isso ocorra,porque os Estados Unidos não vão apoiar qualquer movimento,como ocorreu antes).Obama tem coisa mais importante para fazer em seu país.Nós estamos sendo ludibriados o tempo todo.Aqui é o maior teatro do mundo,com a maior platéia de palhaços do mundo(nós).Não tenha dúvida de que,aqui,só muda o nome dos burros(nós).Os bandidos venderam a mãe,a tia,a filha etc.
      A senhora acha que eles ainda têm pudor?:
      A senhora ainda acha que tem um país,para chamar de seu e se orgulhar dêle?

      Excluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.