Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Brasil terá rombo de US$ 86,2 bilhões!


O déficit da balança de conta corrente no mês de novembro registrou déficit de US$ 9,3 bilhões. O Banco Central reviu a projeção da balança de conta corrente do ano de 2014 para US$ 86,2 bilhões. 

Para leigos entenderem, a balança de conta corrente de um país é o resultado de transação de um país com o mundo. Na coluna de entrada tem os dólares auferidos com exportação de produtos primários e manufaturados. Na coluna de saída tem os dólares gastos com importações de produtos de consumo, de manufaturados, serviços diversos como fretes, juros pagos aos agiotas estrangeiros e royalties, basicamente. 

Em resumo, o Brasil vai necessitar de US$ 86,2 bilhões para cobrir o rombo da balança de conta corrente. Isto é grave! Se não houver entrada de capital estrangeiro seria necessário queimar (gastar) a reserva cambial em dólares.

O país tinha ontem, reserva cambial de US$ 374 bilhões. No entanto, como o Banco Central vem emitindo o swap cambial tradicional que nada mais é do que dólar "fake", no montante de US$ 100 bilhões, a reserva líquida é de cerca de US$ 274 bilhões. Como o país tem compromissos de curto prazo referente ao pagamento da dívida externa dos setores público e privado, a reserva disponível não é exatamente os US$ 274 bilhões. O Putin faz o mesmo, lança mão de swap cambial para segurar o rublo.

A situação do Brasil é a mesma do sujeito que fatura menos do que gasta. Como o sujeito gastador, o Brasil tenta compensar o déficit da balança de conta  corrente atraindo investimentos estrangeiros de duas formas. A primeira forma é buscando investimentos estrangeiros diretos (IED) para produção de bens manufaturados no país. A segunda fonte é o capital estrangeiro especulativo dos agiotas internacionais que trazem os dólares apenas para auferir os juros reais, a segunda mais alta entre 40 maiores economias do mundo. Com recente crise cambial, os juros reais mais altos do mundo passou a ser dos russos. 

Literalmente, o Brasil está quebrado! O total da receita não cobre o que gasta. Para cobrir o rombo da balança de pagamentos, busca capital estrangeiro bom e ruim. O capital estrangeiro bom é o de investimento direto e o capital ruim é o de aplicação em títulos do Tesouro brasileiro. O segundo tipo de investimento é nocivo ao país, porque a qualquer crise econômica os agiotas internacionais deixam de aplicar em títulos do Tesouro brasileiro e rapidamente os dólares revoam para os países de origem ou para praça mais confiável. 

Nos estamos a assistir uma prévia da crise russa no Brasil. Aquele país está com crise cambial em função da baixa acentuada de preço de petróleo no mercado internacional. O Brasil está com situação de baixo crescimento e de corrupção desenfreada tal qual a Rússia do Putin. Apesar de o país ter reserva cambial confortável, há grande possibilidade de haver "ataque especulativo" pelos agiotas internacionais, aproveitando o momento de crise política econômica que passa o Brasil.  Ingredientes para isso não faltam.

Dilma, os erros graves começam a aparecer. Falta de aviso não foi. Há quase 3 anos, este blog já alertou sobre o grave equívoco na formulação da política econômica. A coisa vai piorar muito mais ainda. Não basta Levy para tentar consertar os erros. Dilma, pode se preparar que você vai ter que derramar muitas lágrimas, de crocodilo.


Dilma, Brasil gasta mais que pode!

Ossami Sakamori






12 comentários:

  1. Realmente,diante do baixíssimo crescimento do país em razão da infindável onda de corrupção que o assola já há 12 anos como também da precária política econômica , dificilmente,o Levy conseguirá consertar oserros cometidos pela "dondoca"Dilma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que a senhora espera de um país,onde ladrão é chamado de excelência e a rainha foi terrorista?

      Excluir
  2. Corte de gastos públicos; eis o caminho. Basta saber se a Presidente vai ter coragem para enxugar Ministérios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr.Archimedes,
      A terrorista-chefe não está nem aí para sua opinião,nem a minha...

      Excluir
  3. Mas Mestre, Dilma e Lula não disseram que o Brasil não tinha mais dívida externa, ó estou surpresa. Que rombo hein! Vem aí aumento de impostos, talvez a volta da CPMF, quem sabe o confisco da poupança né...2015 vai ser um ano difícil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ESPERAR O QUE DE UM PAÍS GOVERNADO POR TERRORISTAS?

      Excluir
  4. Caro Saka, nos não poderíamos ganhar um presente de Natal melhor ? É só notícia ruim. Eu não gasto mas tem um safado que gasta por mim, eu não devo, mas tenho que pagar a conta dos 3 Poderes, Me indique uma saída eu já estou #putin da silva# com tudo isso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saída?
      Ir embora do país vendido pelo lularápio...

      Excluir
  5. Me desculpe a ignorância. Porque este governo não acaba de vez com os títulos do Tesouro brasileiro, já que são tão ruins para a nossa economia?

    Pelo que vejo, estamos mesmo na bancarrota. Quebramos tal como a Venezuela e Russia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esperar o que dessa quadrilha que se apossou do poder e não quer mais sair?

      Excluir
  6. Prof., nao seria o caso de darmos preferencia aos produtores brasileiros do que consumir importados? Os produtos nacionais, em destaque p/ os REGIONAIS deveriam ser a escolha p/ consumo, pois a parcela produtiva da populacao brasileira e os Estados podem quebrar junto c/ o governo caloteiro federal! Aurora

    ResponderExcluir
  7. ESPERAR O QUE DE UM PAÍS GOVERNADO POR TERRORISTA,ONDE BANDIDO É CHAMADO DE EXCELÊNCIA?

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.