Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

domingo, 16 de julho de 2017

Temer faz "surubas" com o nosso dinheiro!

Crédito da imagem: Correio Brasiliense

Para garantir a sua permanência no posto de presidente da República, alçada com o impeachment do seu titular, a Dilma Rousseff, presidente Michel Temer pratica explicitamente o "toma lá, dá cá", com liberação de emendas parlamentares aos seus aliados de "interesse", do momento. Isto é uma prática comum de todos os presidentes, quando se encontra na posição de "saia justa".  Temer se encontra nela com o processo de crime de corrupção. 

Na prática, isto é igual dito pelo senador Romero Jucá, do mesmo partido do presidente Temer, o PMDB: "Suruba é suruba. Aí é todo mundo na suruba, não uma suruba selecionada". Parece que o Michel Temer não segue as regras do seu colega do PMDB, Romero Jucá. Suruba do Temer é "selecionada". Só participa do suruba os que votam a favor dele, especialmente os que fazem parte da Comissão de Constituição de Justiça da Câmara dos Deputados. Suruba do Temer é para público restrito dos parlamentares do "centrão" e "infiéis" de outros partidos. 

Ao que parece, "suruba" é especialidade do partido do presidente Temer, o PMDB. A suruba é praticada desde o primeiro presidente civil, após o Regime militar de 1964, o José Sarney. Sarney fez escola para os atuais membros do PMDB, o Romero Jucá e Michel Temer, entre eles. O PMDB de hoje não lembra nem um pouco a figura do Ulysses Guimarães, que "abriu mão" para que Tancredo Neves pudesse ser o candidato de consenso na saída do Regime militar. 

Michel Temer não lembra nada do Ulysses Guimarães, símbolo do PMDB. Presidente Temer é retrato da decadência de um partido que se aliou ao PT para, de forma obtusa, chegar ao posto de presidente da República. Pelo contrário, o Michel Temer é acusado pela Procuradoria Geral da República de "corrupção passiva". Temer não quer que a Câmara dos Deputados autorize o prosseguimento do inquérito pelo STF. Temer tem culpa no cartório. Temer tem marca do batão das "surubas" que andou praticando, no pleno exercício da presidência da República. 

Enquanto isto, o povo brasileiro anda "pagando o pato" ou melhor "pagando a conta" das "surubas" promovidas pelo Michel Temer, com o nosso dinheiro! 

Ossami Sakamori



5 comentários:

  1. O Temer não é honesto, ele faz parte da corrupção desenfreada que assola o país. Malham o pau nele com inteira razão. Quem acha que o PT (corruPTo por natureza) iria escolher alguém honesto para ser vice de Dilma????

    ResponderExcluir
  2. Que coisa! Michel Temer está sendo cabo eleitoral do LULA. Infelizmente, Lula virá com tudo para cima da justiça com discurso populista de perseguição política e para cima do povão com a velha estória de que eles(adversários) roubam e são piores que nós(PT) E aí virá a fala do Lula: _Se eleito Presidente vou ampliar e reajustar o bolsa família! Já ganhou. A multidão que não esquece da maldade do Lula será engolida pelo povão que tem memória curta e está desempregado. Tínhamos seis(FHC) e trocamos por meia-dúzia(Lula). Colocaram o seis(Dilma); e depois trocaram pela meia-dúzia(Michel Temer). Será que virá meia-dúzia(Lula), de novo? Não!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Tenho Fé que virá um DEZ em 2018.

    ResponderExcluir
  3. Está certo o Michel Temer. Ele deveria é confiscar os investimentos dessa gente que tem dinheiro aplicado. Classe média metidos a magnatas deveriam ter seus bens confiscados como fez o Fernado Collor, para pagar os juros da dívida para o mercado financeiro. Avante Michel Temer! Confisque o que puder dessa classe média abutre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernando Collor(papudo e falastrão) acabou com a economia que já era ruim. Atualmente, a classe pobre vive do bolsa família e a classe rica vive da exploração dos pobres ou vive do dinheiro público(nosso). Sobra a classe média que sustenta os pobres e os ricos. Como Fernando Collor de Melo, Michel Temer confisca o nosso futuro(crianças), por isso acredito que seu comentário foi só para fazer piada do Temer.

      Excluir
  4. Ao anônimo das 20:18

    CAMBUTA DE FILHOS DA PADA.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.