Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 20 de agosto de 2016

Você quer riscar o Brasil do mapa do mundo?


Lá vem eleições municipais e o PT está mais vivo do que se possa imaginar. Estamos muito mais preocupado com o impeachment da Dilma do que com o PT, o partido da presidente afastada. Dilma já é letra morta. Não há chance de impeachment da Dilma não ser aprovado no Senado Federal. A votação do impeachment deverá ter início no próximo dia 30 e terminar no dia seguinte, na pior das hipóteses.

Enquanto isto, os candidatos à prefeituras correm soltos, como se a grave crise política e econômica não fosse com o PT. Os candidatos do PT fazem campanhas, como se o Lava Jato não fosse com eles. O povo, me refiro ao povão, não tem consciência do tamanho da ladroagem cometido pelo PT da Dilma e do Lula da Silva. Uma boa parte da população, as de baixa renda, continuam apoiando o PT do Lula, não nos iludamos!



O PT deve ser extirpado da política brasileira, começando com o impeachment da Dilma e condenação do Lula da Silva nos processos que correm na 13ª Vara Criminal de Curitiba. Com PT vivo, o Brasil deixará de existir no mapa do mundo!



Os movimentos das ruas contra PT, Dilma e Lula da Silva vem arrefecendo, até porque o povo não está vendo "mudanças" significativas no quadro da economia após 100 dias do governo Temer. Até a equipe econômica do governo Temer é a mesma do PT. O atual chefe da equipe econômica, o Meirelles, foi o principal formulador da política econômica do Lula da Silva. 

De qualquer forma, a extirpação do PT dos poderes da República será a primeira etapa para melhora do quadro político no País, mesmo que esta não seja tão radical quanto o gostaríamos que fosse. A permanência do PT em qualquer poder da República é o fim do Brasil. 

Você quer riscar o Brasil do mapa do mundo?

Ossami Sakamori

7 comentários:

  1. Somos um povo decifrável. Nossos políticos nos conhecem como ninguém. Sabem que temos problemas de esquecimento e sabem quais as palavras dizerem que colam em nossas mentes e os elegem e reelegem.
    Em São Paulo a maior cidade do país está prestes a retroceder e cair no plano maléfico da alma mais honesta do país pois em tempo sua cria e manteúda das suas ideologias está candidata.
    Os vereadores que ficaram quietos tem seus currais em campos de futebol, associações para moradias, algumas categorias que se deixam infiltrar por ideologias e mantras repetitivos( e nem percebem que a 35 anos lutam, lutam, lutam com o apoio destes políticos espertalhões) e só os políticos tiveram suas vidas mudadas com muita segurança, imunidade a inflação, cargos , verbas e pixulecos.
    Ou APRENDEMOS QUE A ALTERNÂNCIA DO PODER EM TODOS OS NÍVEIS É SALUTAR PARA NOSSA DEMOCRACIA E PARA O BEM DE NOSSO PAÍS, OU VIVEREMOS SEMPRE NESSE MAR DE LAMA NOS COMPORTANDO COMO OVELHAS PRONTAS PARA O ABATE...

    ResponderExcluir
  2. Bom dia. Exatamente isso, sr Sakamori. Sem contar que muitos petistas só mudaram de partidos mas continuam com mentalidades do PT. Por ex; Luiza Erundina e Marta Suplici(ambas ex-petitas e que agora em partidos diferentes concorrem à Prefeitura de São Paulo). E, Ainda mais com o retrocesso do STF em liberar "os fichas sujas" para concorrer as eleições. Eu estranhei o pronunciamento do Min Gilmar Mendes(Pres STE) criticando a Lei da Ficha Limpa.

    ResponderExcluir
  3. OS PETRALHAS FIZERAM ESCOLA:


    PARA FAVORECER A NATURA, ROLLEMBERG PERDE NOÇÃO E COMETE CRIME AMBIENTAL NA ORLA DO LAGO PARANOÁ

    A Secretaria do Meio Ambiente, o Instituto Brasília Ambiental (IBRAM) e o Ministério Público, de uma hora para outra ficaram cegos, mudos e surdos. Ninguém fala nada. O governador Rodrigo Rollemberg para favorecer um negócio bilionário da Natura, desobedece uma ordem judicial e condena à morte a fauna e flora do Lago Paranoá. Nas últimas duas semanas uma grossa camada de asfalto impermeabiliza mais de cinco quilômetros de uma área de Preservação Permanente (APP). Um crime que ninguém vê.

    decisão da juíza Maria Silda Nunes de Almeida, da Oitava Vara da Fazenda Pública não vale o cocô do jumento para o governador Rodrigo Rollemberg. Ele ordenou, passando por cima de uma ordem judicial, o início da pavimentação asfáltica de uma estrada de quatro metros de largura que beira a orla do lago Paranoá.

    Apesar de ser uma pista para suportar o tráfego de carros pesados, o GDF chama a obra de “ciclovia”. A obra criminosa da beira lago avança por cinco quilômetros ligando o Deck Sul, à Península dos Ministros.

    A região é considerada como Áreas de Preservação Permanente (APP) instituída pelo Código Florestal e consistem em espaços territoriais legalmente protegidos, ambientalmente frágeis e vulneráveis. Foi escorado neste argumento de uma ação civil pública do MPDF que o governador Rodrigo Rollemberg mandou destruir cercas e jardins cultivados pelos moradores da Orla do Lago Sul no início de maio desse ano.

    Por trás do discurso “ecologicamente correto” do Governo de Brasília há um grande e alvissareiro “negócio da China” capaz de levar o governador Rodrigo Rollemberg a cometer um grave crime ambiental que se fosse outro qualquer poderia parar na cadeia.

    Há evidências de sobras que revelam que a obra feita pela Novacap, se trata de uma rua de serviço, onde os caminhões de entrega de gêneros irão trafegar para abastecer os bares e restaurantes sofisticados que Rollemberg pretende instalar na APP do lago Paranoá.

    A infraestrutura faz parte de uma parceria camuflada, já que nunca foi debatido com a sociedade em audiências publicas em que o governo socialista está preparando para entregar ao Instituto Semeia, uma ONG da Natura, empresa de propriedade do empresário bilionário Guilherme Leal que irrigou a campanha vencedora do então candidato a governador do DF em 2014.

    A Natura, multinacional brasileira de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos, já preparou os seus tentáculos para se apoderar do pedaço mais caro da orla do Lago Sul onde o valor de cada metro quadrado vale, segundo consultorias imobiliárias, nada menos do que doze mil reais, justamente por ser considerada uma das áreas nobres de Brasília.

    A afinidade de Rodrigo Rollemberg com a Natura é de longa data. Em 2014 o próprio Guilherme Leal como pessoa física injetou grana na campanha eleitoral do governador. Em seguida, em contrapartida pela ajuda, o Governo de Brasília resolveu presentear concedendo isenção fiscal de quatrocentos milhões de reais à empresa de cosméticos.
    A mesma graça o governo não faz aos quebrados empresários de Brasília que afetados pela crise, cerca de dez mil deles já encerraram as suas atividades e baixaram os seus CNPJs, conforme dados divulgados pela Associação Comercial do Distrito Federal.

    O negócio da orla é bilionário. O crime ambiental conta com licenciamento do Ibram e o zeloso Ministério Público não está nem aí. Vão às favas as capivaras, as lontras, gambás, mico-estrela e biguás!

    Da Redação Radar

    Fonte:http://www.radarcondominios.com.br/index.php/distrito-federal/1076-para-favorecer-a-natura-rollemberg-perde-nocao-e-comete-crime-ambiental-na-orla-do-lago-paranoa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que está acontecendo em Brasília tem que ser denunciado a alguma organização internacional de direitos humanos. Derrubar casa de trabalhador é muita sacanagem.
      Primeiro o poder público finge que não vê os poderosos grileiros vendendo terras para compradores de boa-fé. Vendem milhares de lotes tudo passado em cartório e com cobrança de IPTU pela Secretaria de Fazenda do DF. Depois passam os tratores nas casas das pessoas? E pior, tem um vídeo do "governador" na campanha eleitoral dizendo que as terras do conflito seriam regularizadas.
      Político tudo calça 40...

      Excluir
  4. Esse câncer já contaminou o país, sob diversas siglas de diferentes políticos (dissimulação, ao estilo camaleão).
    O país não tem mais jeito. Acabou. Nunca foi sério.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse casal de sacripantas caras de pau deveria ser abduzido e mandado para o inferno para que o Brasil ficasse com menos porcaria para dar ao seu povo miserável.

      Excluir
  5. Depois das medalhas de OURO, PRATA E BRONZE, agora o povão levará o FERRO. O PIOR É QUE TEM GENTE QUE GOSTA e se falar mal deles querem taxar de descriminação

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.