Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 14 de janeiro de 2017

Todos são farinhas do mesmo saco!

Crédito da imagem: Veja

A última edição da revista Veja traz matéria sobre possível delação da Camargo Correa, envolvida em Operação Lava Jato e da Operação Castelo de Areia.  As delações, envolve, segundo a Veja, 40 executivos e mais de 200 políticos. Ainda segundo a revista, o presidente Temer foi citado pelo menos em 21 ocasiões. A delação bate forte na porta do Palácio Planalto, segundo a matéria. 

Por outro lado, ontem, deflagou a Operação Cui Bono que envolve o Geddel Lima, o ex-ministro Secretário Geral da Presidência da República do governo Temer. A Operação de ontem, envolveu também o ex-deputado Eduardo Cunha. Os beneficiários são os já tradicionais comensais do "Bolsa empresário", JBS/Friboi e empresas ligadas ou que foram ligadas ao grupo, como a Mafrig e Bertin. Também, consta como "beneficiário" as empresas do Constantino de Oliveira, amigo do Lula e dono da empresa aérea Gol, ainda segundo a Veja.

O presidente Temer quer jogar toda culpa dos "malfeitos" e da "falência" do Estado à ex-presidente Dilma, mas não encontra respaldo nos seus argumentos. Temer foi vice-presidente da República e participou ativamente na primeira gestão da Dilma juntamente com os seus amigos do PMDB como Moreira Franco, Geddel Lima, Eliseu Padilha e aliados políticos como senador Renan Calheiros, deputado Eduardo Cunha, deputado Henrique Alves e deputado Romero Jucá. 

Sem querer fazer julgamento, o presidente Temer teria ainda, em discordando do governo Dilma, ter "desembarcado" da chapa que o elegeu como vice da Dilma. Não vem, que não tem! Sou visceralmente contra os governos do PT. As mais de 2 mil matérias postadas aqui, demonstram a minha posição em relação aos governos do PT. Sou a favor do governo que proporcione "desenvolvimento sustentável" do País, independente das cores partidárias ou matizes ideológicas. 

Presidente Michel Temer quer de toda forma livrar-se da imagem da ex-presidente Dilma e criar a sua própria "pinguela" para o futuro. Mas, as Operações policiais e as delações premiadas sobre as ladroagens nas empresas estatais e nos bancos oficiais tem demonstrado o envolvimento direto dos seus auxiliares de confiança, nas maracutaias que envolveram os principais agentes políticos e grupos empresariais ligados ao núcleo político. 

Mesmo que eu tente fazer maior esforço, não encontro respaldo para justificar que o governo Temer não é continuidade do governo Dilma. Por mais que o presidente Temer queira argumentar, a história política mostra que sempre houve a "pinguela" que unia o Palácio do Jaburu ao Palácio da Alvorada. A última carta do Temer à presidente Dilma apenas foi para mostrar o "rompimento" desse longos 5 anos de "casamento" para a população.  Como qualquer separação litigiosa, cada um sai "atirando" pedra sobre o outro. Isto é relação PT/PMDB. 

Para mim, leigo em política, enxergo os membros do antigo e do atual governo, com um elo forte em comum entre o governo Dilma e o atual governo do presidente Temer. Temer é a própria "pinguela" que une os antigos e novos "sanguessugas" do dinheiro público. Todos são "farinha do mesmo saco", diria o povo brasileiro. 

Ossami Sakamori


9 comentários:

  1. Caro Professor Sakamori, obrigado por mais este artigo útil a nação brasileira. Falar, escrever e debater assuntos assim contribuem com um amanhã melhor e menos injusto.
    Concordo com a frase generalista de que todos são farinha do mesmo saco; algumas piores que outras e poucas, porém, limpas, perdidas no mar de sujeira de seus pares. Concordo que o TEMER e seu PMDB fizeram parte dos Governos de Lula e Dilma, e que estes, eram sistematicamente chantageados para atender aos interesses de muitos do PMDB, e da FIESP e seus protegidos; quem não é ingênuo sabe que a roubalheira remonta desde a época do descobrimento do Brasil e que a política de entreguismo aos EUA, e seus aliados cá no Brasil, ainda existente e protegida até hoje por uma democracia retardada, remonta do Governo de Juscelino Kubitschek.
    Todos nós, admitidos como esclarecidos, temos que pesquisar mais, sempre e de forma isenta de paixões poa A ou B, mas, com muito senso de responsabilidade e amor pelo Brasil e seu povo...
    Entendam a manipulação da Grande Imprensa; entendam como e pra quem e pra quê havia os grandes desvios de dinheiro da Petrobrás; quem indicou o Paulo Roberto e porque o Lula teve que aceitar; entenda o porquê de investigações que começaram em 2006 autorizadas pelo Lula só fez mal ao PT e só veio a cabo na campanha de 2014; entenda as PECs de hoje e a quem serve de fato; entenda a venda por preço vil de ativos da Petrobrás hoje em dia; entenda a quem está sendo entregue as nossas riquezas estratégicas, Petróleo e Nióbio; etc etc e etc...
    Temer une os antigos e os novos, pois, são os mesmos...
    Temer não é continuidade do Governo Lula, ele é continuidade da maldade e incompetência intencional de fazer o bem a poucos às cistas do povo brasileiro...
    O Governo Dilma teve um resultado muito negativo, refém do Concesso Golpista fez o pior e faltou habilidade. O País parou por culpa direta da dependência de poderes e por culpa real da inabilidade política dela a conviver com bandidos...

    ResponderExcluir
  2. A Dilma nunca foi enganada pelos corruptos pois ela era e é corrupta. As investigações que o digam.
    “Diga-me com quem andas e te direi quem és!” Essa frase nos mostra quem foi o Lula, a Dilma e quem é o Michel Temer. Seus Ministros e aliados são pessoas que ou foram, são ou serão incriminados em falcatruas diversas. dificilmente pessoas honestas aceitarão trabalhar para esses governos corruptos, sem a seriedade com a coisa pública e enganando a população.

    ResponderExcluir
  3. Desde que o Brasil foi descoberto (ou achado) foi assim: parece maldição, pois somos a maior e mais antiga fábrica de corruptos e bandidos disfarçados de políticos. Vejam jornais e revistas (além de notícias televisadas) de países de primeiro mundo o que mostram: somos a principal estrela da constelação chamada américa latrina. Tanto lugar para a gente ter nascido...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só há uma maneira de limpar essa corja e, sabendo disso eles cooptaram tudo e todos a seu favor (veja-se que os postos-chave dos ministérios foram dominados). Com conversa não sairão de lá e eles sabem disso. Por que será que a Lava-Jato não avança? Máfia podre e maldita. Um dia a casa cai e vai pegar fogo. Ninguém se iluda pensando o contrário. Não temos governo, nem futuro.

      Excluir
  4. Acho que a impressão de continuidade não tem haver com continuidade de modelo de governo, e sim com manter os mesmo da quadrilha para esconder roubalheira,e assim deixar tudo como dantes..... debaixo do tapete.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa quadrilha é procurada ou mostra foto para ser editada na capa de cadernos para que as crianças vão se acostumando com a pátria das Bananas...

      Excluir
    2. Antigamente, formação de quadrilha era crime.

      Excluir
    3. Essa farinha está parecendo ser ¨pó¨. A aparência é igual...

      Excluir
  5. Já entregaram metade do Brasil para investidores estrangeiros.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.