Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Com Temer, o Brasil continua falido!

Crédito da imagem: Pensa Brasil

A crise das penitenciárias noticiadas pela grande imprensa é apenas ponta do "iceberg" da falência do Estado brasileiro. O País está em "recessão" há mais de 2 anos, a pior dos últimos 100 anos. O atual governo da União é resultado do processo de impeachment da presidente Dilma, titular da chapa que elegeu o atual presidente Michel Temer. A própria chapa que elegeu o presidente Temer está para ser julgado pelo TSE, com forte possibilidade de ser cassada. O futuro político do presidente da República é incerto. O País passa pelo pior crise de "credibilidade".

O governo Temer encaminhou e aprovou a Emenda Constitucional que estabelece o "teto dos gastos".  Pior Emenda Constitucional não poderia ter sido aprovado pelo Congresso Nacional. A Emenda Constitucional autoriza o Executivo a cobrir o "rombo" fiscal com emissão de títulos da dívida pública, aumentando cada vez mais o endividamento do País. Por outro lado, também, "engessa" os Orçamentos Fiscais dos próximos 20 anos nos níveis de 2016, com "fraco" volume de investimentos públicos. 

O ano de 2017 mal começou e o governo Temer enfrenta a "crise das penitenciárias", que apenas expõe as mazelas da segurança pública. O governo Temer propõe criar mais vagas nos presídios e fazer levantamento, só agora, do número de presos no País. Vai liberar verbas que estavam "paradas" no Fupen - Fundo Penitenciário, não sabemos o motivo de não ter sido usado antes, para tentar resolver os problemas mais urgentes das penitenciárias em todo o País. 

O presidente Temer está dedicando "tempo integral" para resolver a crise das penitenciárias, esquecendo-se de que o País perde cerca de 56 mil pessoas por ano, resultado da falta de segurança. Quando a crise é da segurança pública, o governo Temer afirma que é "problema dos estados", num jogo de "empurra" de responsabilidades. O povo não quer saber se a responsabilidade é do governo federal ou dos governos estaduais.  O povo quer ter tranquilidade de "ir e vir" em qualquer logradouro público. O povo não quer saber dos "guetos" ou "comunidades", como que um "enclave" no próprio território brasileiro.

Não adianta reclamar do governo do PT. O governo, dito progressista, que promoveu maior ladroagem nos cofres públicos, em tese, já está fora do poder desde 12 de maio passado. O próprio presidente Temer fez parte da chapa que governou o País por longos 5 anos e 5 meses. Portanto é estranho que "só agora" tenha percebido que "havia" monumental "rombo fiscal". No mínimo, o presidente Temer foi "conivente" com a política econômica que hoje diz ter sido "equivocada". Michel Temer foi no mínimo co-responsável pela atual crise "moral e econômica" que o País atravessa. 

O governo Temer, quer fazer reformas estruturantes na economia do País. Convocou para a reforma econômica o então presidente do Banco Central do governo Lula da Silva por 8 longos anos, o Henrique Meirelles, que é a cara do próprio Lula da Silva. Henrique Meirelles é banqueiro e é representante dos agiotas nacionais e internacionais, com sede dos lucros fáceis com juros reais, a mais alta dentre 40 maiores economias do mundo. 

Michel Temer, como presidente da República, não tem coragem de propor uma "matriz econômica" que leve o País ao desenvolvimento sustentável. Temer tem medo de enfrentar os agiotas nacionais e internacionais. Temer prefere continuar privilegiando o setor bancário em detrimento ao setor produtivo do País. Temer é o próprio representante dos políticos corruptos e empresários beneficiários do "bolsa empresário, que mandam no País há décadas. 

Os gestos e palavras de um membro do Ministério Público faz aparecer como "cacoetes" que não mais impressiona o povo brasileiro. As palavras e gestos do presidente Temer não conseguem mais esconder a própria "falência do Estado brasileiro". Temer não tem força de "impor" a mudança do rumo do País. O Brasil continua falido!

Os que discordam da minha opinião, poderão postar comentários no espaço próprio deste blog. 

Ossami Sakamori




7 comentários:

  1. Bom Dia Saka!

    Como discordar de seu texto, se ele expressa exatamente a que conclusão dos fatos degradantes que diariamente levam o país a bancarrota que não tem fim, sobre todas as picaretagens ocorridas durante a gestão PT, onde Temer, ficou de camarote posando nas fotos e nada fez, nem mesmo teve a dignidade, se não aprovasse a política feita por eles, Dilma e Lula, de se afastar. Estamos sem futuro a meu ver. Triste! 😘

    ResponderExcluir
  2. Tá. Tudo bem... A Dilma foi removida. Certo. Agora que o seu sucessor foi empossado, temos que aguardar. É a " acomodação de forças ". Temos que dar um tempo ao tempo. Nada muda de uma hora prá outra. Até nós... Se individualmente levamos um tempão para mudar, imagine então, uma coletividade inteira. Um abração, Saka.

    ResponderExcluir
  3. Desculpe pela franqueza. Michel temer é o poste do Lula. É mais poste do que a Dilma e sabem por que? Porque nem a Dilma conseguiu mudar tanto a vida do povo brasileiro, PARA PIOR. Temer está reformando tudo, e existem Medidas Provisórias que nem conhecemos e que já foram impostas na calada da noite. Essa rebelião nas penitenciárias, para mim, é mais para desviar a atenção da população para o que mais nos interessa, ou seja: Onde estão as medidas de estímulo às empresas(crédito, isenção de impostos,..) para que haja abertura de vagas de trabalho? Sem emprego, tudo para. Temer está sem rumo, perdido, e esse papo de esperar até ele se firmar não cola mais porque, como Sakamori escreveu, Michel Temer foi vice da Dilma e sabia de tudo que estava acontecendo inclusive, tentou ajudá-la com um plano de salvação mais foi impedido pelo Mercadante então, cadê esse plano? Pois é. Michel não tem nada além da fala bonita.

    ResponderExcluir
  4. Já vivemos a realidade da Venezuela.
    A diferença entre nós e êles é que lá a ditadura é escancarada e aqui é dissimulada. Tal qual o povo de lá o de cá não tem futuro.

    ResponderExcluir
  5. Bom Dia Saka!

    Como discordar de seu texto, se ele expressa exatamente a que conclusão dos fatos degradantes que diariamente levam o país a bancarrota que não tem fim, sobre todas as picaretagens ocorridas durante a gestão PT, onde Temer, ficou de camarote posando nas fotos e nada fez, nem mesmo teve a dignidade, se não aprovasse a política feita por eles, Dilma e Lula, de se afastar. Estamos sem futuro a meu ver. Triste! 😘

    ResponderExcluir
  6. O sr. Temer não tem competência, nem confiabilidade e muito menos dignidade
    para exercer o cargo de Presidente...ontem, em meio à crise escancarada do sistema carcerário, viajou para Portugal, na companhia de José Sarney e do ministro Gilmar Mendes (STF), o mesmo que irá decidir sobre a anulação da chapa 'Dilma/Temer' muito estranha e suspeita essa viagem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na República das Bananas nada vai mudar.
      O foco, desde sempre, são os conchavos visando interesses pessoais. Nunca tivemos, nem teremos um país do qual possamos ter orgulho.

      Excluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.